sexta, 25 de setembro de 2020

Hospital Alberto Torres na mira do Ministério Público

Heal, Hospital, Top Performer
Ministério Público instaurou procedimento preparatório. Foto: Arquivo/Plantão Enfoco

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) instaurou procedimento preparatório para apurar as medidas adotadas pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) e pela organização social que administra a unidade, para solucionar as irregularidades relacionadas à proteção dos profissionais que atuam no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), localizado no Colubandê, em São Gonçalo.

De acordo com o MP, diversas irregularidades relacionadas às condições oferecidas para o exercício dos profissionais na unidade foram descritas em um relatório do Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro, após fiscalização realizada no dia 25 de março.

Com esse procedimento, o Ministério Público requer que a SES e a OS apresentem, no prazo de cinco dias, as medidas adotadas para sanar os problemas encontrados, de modo a atender as recomendações especificadas e fornecer todos os recursos humanos e materiais necessários para o adequado funcionamento do hospital e para a proteção dos profissionais de enfermagem lotados, evitando a disseminação do vírus na comunidade e entre os profissionais de saúde.

Publicada às 20h20

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *