sexta, 27 de novembro de 2020

Hotéis de Maricá receberão moradores em grupo de risco

As acomodações deverão ser individuais. Foto: Arquivo/ Ascom Maricá

Hotéis de Maricá poderão receber pessoas que se enquadrem no grupo de risco da Covid-19. O edital para o credenciamento da rede hoteleira foi publicado no Diário Oficial do Município nesta quarta-feira (6).

A ação tem como objetivo disponibilizar acomodações para indivíduos que se enquadrem no grupo de risco do noco coronavírus, selecionados pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

A rede hoteleira também poderá receber profissionais da área de Saúde e da Assistência Social que estão na linha de frente de combate à doença. A medida pretende reduzir o risco de contágio e letalidade da doença.

De acordo com o edital de credenciamento serão disponibilizadas no mínimo, 52 acomodações, um investimento total previsto de R$ 1.464.840,00 no período de seis meses. 

A secretária de Assistência Social, Laura Maria Vieira da Costa revela que algumas pessoas já foram identificadas para ocupar as vagas.

“Nós já fizemos pesquisas com os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e já entramos em contato com alguns idosos que moram sozinhos. Já temos um cadastro com 15 pessoas e desses, 13 são idosos e dois profissionais de saúde que atuam junto à população de rua e não podem voltar para casa. Agora, a Secretaria de Saúde vai indicar os profissionais que precisarão da hospedagem”, explica a secretária.

A responsável pela pasta, explica ainda que uma vez credenciado, caso o hotel fique com acomodações vagas, não poderá ser disponibilizado para o uso de outras pessoas que queiram se hospedagem.

“Não vamos colocar mais de 15 a 20 pessoas na mesma pousada, até por conta da necessidade de distanciamento. A princípio, temos duas pousadas:  uma para idosos e outra para profissionais de saúde. Esse número pode aumentar conforme a demanda, absorvendo mais estabelecimentos e mais quartos”, explicou.

Ainda de acordo com o texto os estabelecimentos precisarão cumprir alguns requisitos, como possuir de 10 a 20 unidades habitacionais disponíveis, possuir acessibilidade, local para refeições. As unidades habitacionais deverão ser individuais, os quartos deverão possuir banheiro e estarem equipados com cama, travesseiro, sistema ou aparelho de refrigeração de ar ou de ventilação e equipamento de televisão aberta.

Um coordenador ficará responsável por acionar a Secretaria de Assistência Social no caso de qualquer intercorrência com o atendimento do beneficiário.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *