sábado, 06 de março de 2021

Idosa morre carbonizada em casa de repouso de Itaboraí

Segundo a família, a idosa estava internada no local a menos de um mês. Foto via Grupo Plantão Enfoco

Uma idosa identificada como Zumira Cândida da Silva, de 95 anos, morreu carbonizada, em um incêndio na Casa de Repouso Céus Saúde, na Rua José Leandro, no bairro Retiro São Joaquim, em Itaboraí. O caso aconteceu na madrugada de quarta-feira (27). 

Ela acabou enterrada como indigente nesta sexta, no Cemitério Municipal São João Batista, no Centro de Itaboraí, porque o laudo comprobatório da identidade da vítima ainda não tinha ficado pronto. 

“O material dela foi coletado pelo IML e só ficará pronto daqui a seis meses”, contou Elaine Raniel Maia, neta da vítima. 

A família alega que só foi comunicada do caso horas depois do acidente. 

“O incêndio aconteceu de madrugada e eles só nos avisaram bem depois, eles falaram que não queriam nos incomodar. Queremos que a dona feche aquele local, pois tem mais idosos lá ”, contou Elaine. 

Ainda segundo a família, Zumira, que morava no bairro de Santa Bárbara, em Niterói, foi internada na casa de repouso no último dia 4, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). 

fachada da casa de repouso incendiada em itaboraí . foto via grupo plantão enfoco
Parte do imóvel ficou completamente destruído. Foto via grupo Plantão Enfoco

Segundo a Polícia Militar, uma equipe do 35º BPM (Itaboraí) foi acionada por volta de 3h40 para a ocorrência do incêndio que vitimou a idosa. No local, eles se depararam com equipes do Corpo de Bombeiros que realizavam o trabalho de combate às chamas. 

Agentes da Delegacia de Itaboraí (71ª DP) realizaram a perícia técnica no local. A ossada foi levada para o Instituto Médico Legal (IML), de Tribobó, em São Gonçalo.

Procurada, mesmo com o registro de boletim de ocorrência registrado da 71ª DP, a responsável pela casa de repouso negou que o incêndio teria causado vítimas. Ela alegou ainda que todos os idosos foram retirados do local com segurança. Porém a família da idosa nega a versão. 

Segundo a Divisão de Homicídio, após perícia foi constatado o acidente, portanto o caso ficou sob responsabilidade da Delegacia de Itaboraí.

A Prefeitura de Itaboraí ainda não informou sobre as condições do local, se haverá interdição ou se já foi realizada perícia por parte da Defesa Civil do Município.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *