Trânsito ficou complicado sentido São Gonçalo neste sábado (12). Foto: Colaboração/Patricia Vivas

A interdição do trecho final da pista da Alameda São Boaventura no sentido São Gonçalo, entre as Ruas Desembargador Lima Castro e São José, complicou o trânsito na tarde deste sábado (12).

Segundo a Niterói Transporte e Trânsito (Nittrans), o local foi interditado por volta das 16h por conta das obras de macrodrenagem que estão acontecendo na comunidade São José.

Com o objetivo de desafogar o trânsito, os agentes da Nittrans transformaram a faixa exclusiva para ônibus, sentido Centro de Niterói, em uma reversível no mesmo trecho interditado. No entanto, mesmo com apenas duas faixas liberadas, os motoristas não se queixaram do fluxo naquele sentido da via, apenas o contrário.

Segundo o porteiro Fábio da Silva, o tempo que gastou apenas para desviar do trecho interditado, passando pela Rua Sores de Miranda, foi de 30 minutos.

“Eu nem estava ciente dessa mudança e ainda estou pensando se dei azar ou sorte de ter chegado só um pouquinho de tempo depois que interditaram. Acredito que quem tentar ir para São Gonçalo à noite vai sofrer bem mais”, contou.

A faixa exclusiva para ônibus, sentido Centro de Niterói, virou uma reversível. Foto: Colaboração/Débora Manhanini

O motorista Roberto Lopes, no entanto, já estava ciente que teria a mudança e optou pela reversível.

“Não peguei engarrafamento nenhum, mas como já estava sabendo sobre a intedição optei ir logo pela reversível. As pessoas que não estão informadas sobre a mudança estão indo pela Alameda o máximo que podem, e por isso o trânsito complicado”, contou.

O trecho só deve ser liberado às 5h da segunda-feira (14). Durante o final de semana, os coletivos serão desviados para as ruas Sá Barreto, Soares Miranda e São José, por onde voltarão à Alameda. Estas ruas terão mão única durante o período da obra.

Os ônibus não poderão parar para embarque e desembarque na Estação Riodades. Já na Estação Getulinho apenas o sentido São Gonçalo será interditado. Por este motivo, os passageiros deverão subir e descer do coletivo na calçada do lado oposto das baias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *