quinta, 26 de novembro de 2020

Irregularidades flagradas em supermercados de São Gonçalo

Solicitação do Ministério Público e Denúncias de consumidores foram verificados. Foto: Divulgação

O Procon Estadual do Rio de Janeiro, autarquia vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, realizou uma operação de fiscalização nesta quarta-feira (7) em quatro supermercados de São Gonçalo.

De acordo com o Procon, foram fiscalizados o Carrefour, localizado na rua Oliveira Botelho, em Neves; o Extra, na Av. Pres. Kenedy, no Centro; o Rede Economia, na Av. Bispo João da Mata, no Laranjal, e o Grand Marche, na Av. Alzira Vargas, em Santa Luzia.

Um dos estabelecimentos foi fiscalizado a pedido do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro. Os outros três foram vistoriados para apurar denúncias feitas por consumidores. Todos os estabelecimentos foram autuados.

Os quatro supermercados não apresentaram as notas fiscais de custo e venda, não sendo possível realizar o comparativo de preços. As empresas têm 15 dias para entregar documentos comprobatório à autarquia. Problemas estruturais foram encontrados no Extra e Rede Economia.

Procurado, o supermercado Carrefour informou que foi notificado apenas para apresentar a documentação.

O Extra disse, por meio de nota, que a rede “providenciará a documentação e as adequações solicitadas nos prazos estipulados pelo órgão”. Também ressaltou que “nenhuma irregularidade em razão de produtos impróprios ou por manipulação de alimentos foi encontrada”.

Já a Rede Economia e o Grand Marche ainda não se posicionaram sobre a fiscalização.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

3 thoughts on “Irregularidades flagradas em supermercados de São Gonçalo

  1. Deviam verificarem tb em manilha Itaboraí pois os preços estão muito abuziveis um óleo 8 conto arroz antes era 10 agora 20 aonde vai chegar isso,sem contar outros produtos!

  2. Até que enfim espero que continuem de olho pois esse e outros supermercados fazem o que querem aumentam os pressos dos produtos a moda bangu muito abuso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *