quinta, 29 de outubro de 2020

Mães podem ganhar direito de amamentar em concurso

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou na quinta-feira (13), em segunda discussão, o projeto de lei 1.282/15, do deputado Márcio Canella (MDB) e do ex-parlamentar Waguinho, que garante às mães o direito de amamentar seus filhos de até seis meses de vida durante a realização de concursos públicos estaduais. O texto seguirá para o governador em exercício, Francisco Dornelles, que tem até 15 dias úteis para sancionar ou vetar a medida.

As mães terão direito a levar um acompanhante, que ficará com seu filho em um local reservado durante a realização da prova. Elas poderão amamentar seus filhos a cada duas horas e por um período de meia hora. O tempo utilizado para amamentação será compensado durante a prova.

“A amamentação é uma atividade básica, que preenche todas as necessidades nutricionais da criança em seus primeiros meses de vida. Além disso, favorece o desenvolvimento da musculatura facial da criança e diminui o risco de infecções do aparelho respiratório durante o período neonatal”, afirmou o deputado Márcio Canella (MDB).

As especificações dessa norma deverão constar nos editais dos concursos. A comprovação da idade do bebê terá que ser realizada na inscrição do concurso, com a apresentação da certidão de nascimento.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *