quinta, 22 de outubro de 2020

Mais de 50% dos infectados por Covid-19 já estão recuperados em Niterói

Já são 1.625 pessoas recuperadas da doença. Foto: Arquivo/Pedro Conforte

O número de recuperados do novo coronavírus em Niterói já chegou a cerca de 54% do total de infectados, nesta segunda-feira (1º). De acordo com o boletim diário, feito pelo prefeito Rodrigo Neves (PDT), durante uma transmissão pelas redes sociais, a cidade tem 2.994 casos confirmados. Destes, 1.625 são pessoas já curadas da doença.

A taxa de letalidade continua baixa em Niterói, embora o número de mortes continue subindo. Em apenas um dia, foram confirmados quatro novos óbitos, chegando a 119. Do total de infectados, 1.140 estão em isolamento domiciliar e 110 hospitalizados.

Até o último boletim divulgado no domingo (31), eram 2.704 casos confirmados em Niterói, sendo 978 pessoas em isolamento residencial e 106 internados em unidades hospitalares. O número de recuperados era de 1.505 e de óbitos, 115.

Segundo Neves, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) divulgou um estudo, nesta segunda-feira (1º) indicando que Niterói obteve a melhor performance em isolamento social da Região Metropolitana do Rio. O prefeito agradeceu a conscientização da população para evitar uma explosão de casos na cidade.

“Por nove semanas Niterói liderou o isolamento social da região. Nesse trabalho científico, dos melhores especialistas do país, eles indicam que Niterói evitou 1.410 óbitos, graças ao isolamento social. Nós tínhamos uma projeção de 10 a 15 mil infectados, e esses dados confirmam essa projeção que fazíamos. Caso nada fosse feito, poderíamos ter tido uma explosão de casos e estar hoje com 1.520 óbitos”, explicou Neves.

Testagem

O prefeito atribui o crescente número de casos confirmados da doença em Niterói ao programa de testagem massiva. Segundo Neves, já foram realizados mais de 10 mil testes, o que coloca o município no topo de rastreamento epidemiológico de Covid-19 no país.

A partir de quarta-feira (3), a cidade ampliará o programa para a forma drive-thru, em dois pontos. Um na Zona Sul e outro na Região Oceânica. Para ser testado, o cidadão precisa baixar o aplicativo “Dados do Bem” e agendar o exame. O resultado também chegará pelo celular.

Plano de transição

As regras de restrição de circulação e isolamento social serão mantidas até 30 de junho e podem ser prorrogadas.

O município implantou, em 21 de maio, um plano de transição gradual para o novo normal, com um sistema de cores para identificar estágios de combate ao novo coronavírus e níveis de restrição de circulação e isolamento social que serão colocados em prática.

Os estágios têm as cores roxa (situação extremamente grave da pandemia), vermelho (situação muito grave, com restrições de circulação mais rígidas), laranja (atenção máxima) e amarelo (alerta). O sinal verde só deverá ser adotado quando estiver disponível uma vacina contra a Covid-19.

Atualmente, a cidade está no estágio laranja. Estão liberadas as atividades essenciais que permaneceram em funcionamento nas últimas semanas, como mercados e supermercados, farmácias, padarias, pet shops e postos de combustíveis, além de óticas, lojas de materiais de construção, oficinas mecânicas e de bicicletas, atividades da construção civil, serviços médicos, odontológicos e de fisioterapia, hotéis, indústria do petróleo e gás, lojas de automóveis e concessionárias, restaurantes (entrega apenas), escritórios, imobiliárias, salões de beleza e empresas de manutenção e reparo de máquinas e equipamentos.

Entre os protocolos obrigatórios estão a ocupação máxima de 50% da capacidade, tratamento preferencial para clientes que estão nos grupos de risco, distanciamento entre as pessoas, obrigatoriedade de manter informativos sobre a prevenção visíveis, monitoramento da temperatura dos funcionários, testagem trabalhadores sintomáticos, afastamento dos profissionais que estejam nos grupos de risco ou apresentem sintomas gripais.

A prática de exercícios físicos individuais na orla também foi autorizada das 6h às 9h e de 16h às 22h. Idosos acima de 60 anos têm horário exclusivo para atividades físicas entre 9h e 11h.

O plano de transição gradual para a nova normalidade foi desenvolvido por um grupo de trabalho, que contou com a participação de técnicos da Prefeitura e especialistas do meio acadêmico. Ele foi baseado na ciência e nas melhores experiências internacionais. E, para isso, foram levados em conta critérios como a taxa de transmissão da Covid-19 na cidade, taxa de letalidade e a retaguarda de leitos.

Publicada às 20h35

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *