terça, 20 de outubro de 2020

Mais de 500 motoristas são barrados tentando entrar em Maricá

Agentes realizam vistorias nas residências. Foto: Divulgação

O rigor das barreiras sanitárias instaladas em Maricá já apresenta seus primeiros resultados. No último final de semana, 2.193 veículos foram abordados, 525 motoristas tiveram que retornar e 1.337 declarações foram assinadas, segundo a Secretaria Municipal de Ordem Pública. As barreiras estão entre as medidas para conter o avanço no coronavírus na cidade.

Moradores que preencheram a declaração de endereço durante abordagem nas barreiras sanitárias de Maricá receberam, neste final de semana, vistorias para verificar a veracidade das informações repassadas aos agentes. 

De acordo com a Secretaria Municipal de Ordem Pública, os endereços são escolhidos por amostragem de forma aleatória. As primeiras visitas começaram na última semana e são realizadas enquanto ocorrem ações nas barreiras.

Agentes da Guarda Municipal visitaram residências com objetivo de verificar se os endereços fornecidos pelos condutores dos veículos que não possuem placa de Maricá são verdadeiros. 

De acordo com o secretário de Ordem Pública e Gabinete Institucional, tenente-coronel Júlio César Veras, a ideia é reduzir o número de turistas na cidade, evitando a proliferação do novo coronavírus. 

“O cidadão preenche uma declaração com endereço completo com a placa do veículo e o endereço. Através dos dados é realizada uma checagem para saber se é mesmo morador de Maricá”, esclarece o secretário. 

Na vistoria feita nesta segunda-feira, a GM identificou que em 10% dos endereços vistoriados os motoristas não foram encontrados.

Barreiras

Barreira Sanitária Maricá
Agentes da Guarda Municipal e Proeis atuam nas barreiras. Foto: Ibici Silva

As barreiras sanitárias foram instaladas na cidade para evitar a proliferação do novo coronavírus e com o objetivo de reduzir os casos da doença na cidade. Ao todo, seis barreiras sanitárias são instaladas no município, sempre aos finais de semana. São cinco bloqueios funcionando nos acessos à região litorânea e um fixo na RJ-114, rodovia que liga Maricá a Itaboraí. 

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *