terça, 20 de outubro de 2020

Mais de um milhão de pneus reciclados em Niterói

Os pneus descartados irregularmente são alguns dos vilões para o meio ambiente e para a saúde pública. Entretanto, o Brasil já dispõe de tecnologia para reciclar este tipo de material, transformando-o em tapetes para carro, solado de sapato, pisos industriais, borrachas de vedação, massa asfáltica, entre outros. Em Niterói, a Companhia de Limpeza Urbana (Clin), desenvolveu uma parceria com a cooperativa Reciclanip, e desde 2005, vem recebendo pneus inservíveis em seu distrito de limpeza no Largo da Batalha. A iniciativa resultou, até agora, na correta destinação para mais de um milhão de pneus.

O descarte de pneus em locais inadequados é crime ambiental e o infrator que for flagrado realizando este tipo de ação recebe uma multa de R$ 1.502,34. O presidente  da Clin, Luiz Fróes, destaca  a importância das ações de fiscalização que vêm sendo realizadas na cidade.

“Visando coibir irregularidades e conscientizar a população, a Clin planeja intensificar as ações de fiscalização em empreendimentos que comercializam e trabalham diretamente com pneus. Também vamos ampliar as ações de orientação à população sobre o descarte correto do material”, explicou Fróes.

Os pneus recolhidos por funcionários da CLIN são armazenados em um depósito no Largo da Batalha (Foto: Divulgação)

Saúde pública

Um pneu demora, em média, 600 anos para se decompor na natureza O descarrete irregular deste tipo de material, além de prejudicar o meio ambiente, também representa perigo quando o assunto é saúde pública. Com a chegada do verão, as chuvas intensas e altas temperaturas, período no qual é registrada a maior proliferação do Aedes Aegypt, mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zica. E os pneus descartados de forma irregular, ou mesmo guardados no quintal de casa, acumulando água parada, tornam-se “criadouros” e focos de reprodução para o mosquito.  

O endereço do distrito da Clin no Largo da Batalha é Rua Leonor da Glória, s/n. A população também pode denunciar o descarte irregular ao setor de fiscalização da Clin, através do 0800-022-2175 ou http://www.clin.rj.gov.br/?a=ouvidoria.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *