quarta, 25 de novembro de 2020

Mais duas mortes por Covid-19 são confirmadas em Niterói

 São 43 infectados hospitalizados, destes 17 estão em UTIs. Foto: Ascom Niterói
São 43 infectados hospitalizados, destes 17 estão em UTIs. Foto: Ascom Niterói

Niterói registrou mais duas mortes em decorrência do novo coronavírus, nesta terça-feira (28), chegando a 22 vítimas fatais. Além disso, já são 288 casos confirmados da doença, sendo 103 pessoas em isolamento domiciliar e 43 hospitalizadas (17 em UTIs). A partir desta quarta-feira (29), a Prefeitura dá início a testagem em massa para mapear a propagação do vírus na cidade.

O número de recuperados também se destaca no município, que chegou a 120 pessoas curadas. No último boletim, emitido na segunda-feira (27), eram 278 infectados e 20 óbitos. De acordo com o prefeito Rodrigo Neves (PDT), o crescimento da curva de infecção na cidade ainda é mais lento do que outras cidades, como na Capital.

“Queria ressaltar que não temos vacina contra o coronavírus. Não temos medicação que cure rápido esses pacientes com sintomas respiratórios mais graves. O Brasil não está produzindo respiradores e testes em massa, de maneira que é fundamental que a gente persevere no isolamento social”, afirmou o prefeito.

Diferente do divulgado anteriormente, Niterói decidiu adiar em um dia o início da testagem em massa. Segundo o secretário de Saúde, Rodrigo Oliveira, os testes serão feitos em uma pessoa a cada 10, ao longo dos meses da epidemia. De acordo com o secretário, hoje no Brasil o exame é feito em um a cada 2,8 mil habitantes. O protocolo foi estabelecido em consenso com a Universidade Federal Fluminense (UFF) e com profissionais da Fiocruz.

“Na semana passada, fizemos todo o processo de calibração do protocolo de treinamento dos profissionais. Iniciamos pela região Norte da cidade. Isso vai fazer com que a gente consiga, de forma mais detalhada, acompanhar a circulação do vírus e orientar as ações públicas de enfrentamento mais específica na cidade. Além de orientar, quando for a hora, o relaxamento no isolamento social”, disse.

O protocolo determina que a testagem em pessoas com quadros leves seja feito após o oitavo dia desde a manifestação dos sintomas. O trabalho é coordenador pela Atenção Básica de Niterói e tem como prioridade o público atendido pelo Programa Médico de Família (PMF).

Publicada às 19h34 e atualizada às 20h08

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *