segunda, 17 de maio de 2021

Maricá recebe nova remessa de vacinas contra a Covid-19

Ao todo, o município recebeu 4.750 doses. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Prefeitura de Maricá recebeu, neste sábado (24), uma nova remessa de doses da vacina contra a Covid-19. Ao todo, o município recebeu 4.750 doses. Desse número, 4.190 são do imunizante da Astrazeneca e 560 são da Coronavac. Com as chegadas das doses, a vacinação no município será retomada na próxima segunda-feira (26).

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, foi feita uma divisão para a aplicação das vacinas. As 4.190 doses da Astrazeneca serão aplicadas em D1 (dose um) para idosos de 60 a 64 anos. Já as 560 doses da Coronavac serão aplicadas também como segunda dose, 70 em agentes das Forças de Segurança e 490 em idosos de 65 a 69 anos.

Para a primeira dose, o calendário será retomado a partir dos 61 anos ou mais na segunda-feira (26), e 60 anos na terça-feira (27), das 09h às 16h, nas Unidades Volantes de Vacinação (UVV) do Aeroporto, em Araçatiba, e no Centro Administrativo da Prefeitura, em Itaipuaçu, e em todos os Polos de vacinação da Estratégia de Saúde da Família (ESF), Unidade de Saúde da Família (USF) Central, São José 2, Marinelândia, Barra, Chácara de Inoã, Inoã 2 e Jardim Atlântico. A continuidade da vacinação dos próximos grupos: Comorbidades em idades decrescentes a partir de 59 anos e grupos profissionais prioritários depende da remessa de novas doses a eles destinadas.

“O quantitativo de segunda doses está abaixo da população vacinada com a primeira dose, não sendo suficiente para a finalização da vacinação. Essas doses serão destinadas a idosos que receberam a primeira dose há 3 semanas ou mais (21 a 28 dias) e serão aplicadas na segunda-feira, 26/04, das 09 às 16h, exclusivamente nas UVVs Aeroporto, Subprefeitura e Polos de Vacinação USF Jardim Atlântico e Polo de Vacinação USF Central, ao lado do Posto de Saúde Central. Os acamados receberão em domicílio. Lembrando que não receberão a segunda dose, nesta data, aqueles que ainda não tiverem pelo menos 21 dias da aplicação da primeira dose”, explicou a subsecretária de Saúde, Solange Oliveira.

O intervalo de doses do imunizante da Coronavac é de 2 a 4 semanas ( 14 a 28 dias) e da Astrazeneca é de 8 a 12 semanas (56 a 84 dias).

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');