sábado, 26 de setembro de 2020

Maricá tem a menor taxa de morte por Covid-19 da Região Metropolitana

Hospital Che Guevara é referência no tratamento do coronavírus na cidade. Foto: Ibici Silva

O município registrou até este domingo (23), 3.136 casos confirmados do novo coronavírus e 97 óbitos. Mais de duas mil pessoas da cidade já foram curadas da doença. Há, atualmente, 200 casos ativos e 33 óbitos em análise pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

A cidade possui três tendas nos bairros de Itaipuaçu, Centro e São José Imbassaí, que têm recebido, em média, 251 pessoas com sintomas da Covid-19 por dia.  Já a ocupação de leitos da rede municipal chega a 52,86% e 31,48% de respiradores em uso.

“Considerando que estamos hoje (24) com praticamente todas as atividades econômicas na cidade com suas atividades restabelecidas, podemos fazer uma análise semanal do comportamento do contágio do coronavírus. Observamos uma média de procura às tendas de atendimento e de 251 pessoas que são atendidas por dia com sintomas temos uma média de 39 confirmações (diárias). Levando em conta a média de recuperados, de 40 pessoas (diárias), podemos declarar uma estabilidade”, afirmou a secretária de Saúde, Simone Costa.

Ao todo, cerca de 42 mil testes foram realizados pelas equipes de saúde do município, o que representa maior proporção de testes por habitantes do país, e apenas 7% dos testes realizados resultaram positivo.

As cidades vizinhas, como São Gonçalo e Niterói  já registram 638 e 347 óbitos, respectivamente. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Rio de Janeiro informa que registrou, até este domingo (23), 210.948 casos confirmados e 15.292 óbitos pelo novo coronavírus no estado e 189.835 pacientes se recuperaram da doença.

Bandeira Amarelo 2

Devido aos dados divulgados pela secretaria de Saúde de Maricá a cidade permanece em Bandeira 2, que permite a abertura do comércio, como lojas de materiais de construção; oficinas mecânicas, borracharias e autopeças; lanchonetes, cafeterias, docerias, padarias e similares; comércio em geral; escritórios e prestadores de serviços em geral; estabelecimentos religiosos; academias; salões de beleza e estética, barbeiros, cabeleireiros e manicures.

Bares, restaurantes e similares estão autorizados a funcionar de 11h às 00h. Nas sextas, sábados e vésperas de feriados, o funcionamento acontece entre 8h e 00h.

Academias de ginástica e estabelecimentos similares também estão funcionando entre 7h e 21h. Cirurgias eletivas voltaram a ser realizadas em Maricá.

O estágio libera a realização de cultos religiosos, desde que não haja contato físico entre os participantes e que a ocupação do templo não ultrapasse 30% da capacidade do local.

Todos os estabelecimentos devem seguir normas para evitar a proliferação do novo coronavírus, como respeitar a capacidade do local de acordo com a distância mínima de 1,5 m entre usuários e oferta de álcool 70%.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *