domingo, 20 de setembro de 2020

Melhora no quadro de jovem que pulou no mar em Niterói

Acidente aconteceu no último domingo (13). Foto: Arquivo pessoal

O adolescente Ruan Pereira Gonçalves, de 14 anos, que se feriu após pular da praça Rádio Amador em direção ao mar de São Francisco, na tarde do último domingo (13), não vai precisar passar por cirurgia. A informação foi confirmada por familiares do jovem.

Segundo Rejane Gonçalves, que é irmã de Ruan, a ressonância realizada nesta segunda-feira (14), no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca – onde ele está internado – apontou uma fratura na medula e os médicos aguardam que o corpo volte a reagir. Até o momento, a vítima sente o tato, mas não consegue movimentar pernas e braços.

“Quando tocamos no ombro dele, ele sente bastante dor. Talvez amanhã ele seja transferido para outra sala, acredito que para enfermaria. Ele está se sentindo muito sozinho porque, mesmo sendo menor de idade, não pode ficar com acompanhante. Após o corpo reagir, ele vai iniciar a fisioterapia”, disse Rejane.

A família é moradora de Jurujuba e o jovem é aluno do Projeto Grael. No programa social, ele está no nível avançado de velejador e também faz marcenaria.

O adolescente tinha o costume de realizar saltos para o mar. A mãe do adolescente, Elisabeth Pereira da Silva, já havia feito alertas do perigo da prática, após descobrir que o menino estava pulando em algum ponto na Praia de Adão e Eva, em Jurujuba.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *