quarta, 21 de outubro de 2020

Morre referência musical de Niterói

Morreu na tarde deste sábado (15), o baixista Arthur Maia, de 56 anos, referência na música nacional. Ele sofreu uma parada cardíaca e foi levado para UPA Mário Monteiro, no bairro de Piratininga, em Niterói, mas não resistiu.

(Foto: Divulgação/Internet) 

De acordo com Jalmir Batera, artista e amigo do músico, nesta sexta-feira (14) eles ensaiaram o dia inteiro para o show deste sábado (15). “Arthur estava feliz para o show que faria hoje. Me deixou em casa ontem depois do ensaio super feliz. Nós eramos amigos há mais de 15 anos, é uma perda muito grande”, disse. 

Jalmir Batera com Maia, no último ensaio do artista nesta sexta-feira (Foto: Reprodução/Rede Social)

Arthur tocou ao lado de grandes nomes da música como Ivan Lins, Luiz Melodia e Márcio Montarroyos. Entre os diversos grupos de música instrumental que integrou, destacam-se “Garage”, “Varanda”, “Pulsar” e a “Banda Black Rio”.

O músico também brilhou nos palcos internacionais quando trabalhou com Ernie Watts, Sheila E., Pat Metheny, Carlos Santana e George Benson.  
Mas foi o grupo “Cama de Gato”, do qual Arthur fez parte como baixista, que deu especial impulso à sua carreira. 

Ao longo dos anos, além de dedicar-se ao trabalho solo, Arthur trabalhou ainda com nomes como Caetano Veloso, Djavan, João Bosco, Lulu Santos, Milton Nascimento, Ney Matogrosso, Plácido Domingos, Ricardo Silveira e Gilberto Gil. 

De 2013 a 2016, Arthur Maia passou a atuar diretamente no segmento político, como Secretário de Cultura de Niterói, no primeiro mandato do prefeito Rodrigo Neves. 

Nas redes sociais, amigos e parceiros musicais lamentaram a morte de Arthur. 

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *