quinta, 29 de outubro de 2020

Morre um tripulante do helicóptero da PM que caiu no Rio

Aeronave caiu próximo ao viaduto Brigadeiro Trompowski (Foto: Reprodução)

Um dos quatro tripulantes que estavam a bordo do helicóptero da Polícia Militar, que caiu na Baía de Guanabara, morreu após ser resgatado com os outros três.

O sargento Felipe Marques de Queiroz, de 37 anos, lotado no
Grupamento Aeromóvel (GAM), era casado e deixou três filhos. De acordo com a PMERJ, os outros três policiais estão fora de perigo.

Segundo a PM, a aeronave Fênix 08, do GAM, fazia patrulhamento na Linha Vermelha, na manhã desta segunda-feira (14), quando precisou realizar um pouso forçado na água, caindo nas proximidades da Ilha do Governador, Zona Norte do Rio, próximo ao viaduto Brigadeiro Trompowski que liga a Ilha à Avenida Brasil. O acidente ocorreu por volta das 8h55, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

resgate, pm, bombeiros, helicóptero
Os quatro tripulantes foram resgatados com vida, porém um não resistiu (Foto: Reprodução)

Ainda segundo a PM, a aeronave – modelo Esquilo Modelo H350 BA – estava com a manutenção regularizada, e o acidente será apurado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA). O Centro de Criminalística da Polícia Militar também acompanhará a apuração.

O GAM e o Corpo de Bombeiros fizeram operação de resgate e socorro dos tripulantes, que foram encaminhados para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM).

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *