terça, 27 de outubro de 2020

Motoristas formam filas em posto com promoção de gasolina em Niterói

Guarda Municipal orienta os motoristas no trânsito de Icaraí. Foto: Ibici Silva

A oferta de gasolina a R$ 2,89 levou motoristas a formarem fila em um posto de combustíveis na rua Domingues de Sá, em Icaraí, desde às 6h desta quinta-feira (30). O posto, que fica na esquina com a Avenida Roberto Silveira, aderiu ao Dia Livre de Imposto, uma iniciativa de lojistas em todo o país.

A Rede Osório, da qual o posto faz parte, esclareceu que o desconto se estende até acabar o estoque (3 mil litros de gasolina) e que cada motorista pode abastecer até R$ 50,00. Ainda segundo a empresa, este é o único posto da rede que participa da iniciativa.

“Deveria ter outras promoções assim com mais frequência, porque pagamos um preço absurdo” falou Márcia Teresa Cristina, umas das primeiras motoristas na fila.

Segundo a Câmara de Dirigentes Lojistas de Niterói (CDL), incide sobre a gasolina um imposto de cerca de 42% — o posto participante comercializa o combustível a R$ 4,99.

De acordo com a Niterói Trânsito e Transportes (NitTrans), que orienta o trânsito no local, a ação não prejudicou o fluxo da Avenida Roberto Silveira no sentido Centro.

No site da campanha, é possível conferir os estabelecimentos participantes em Niterói e demais cidades da região.

Iniciativas pelo país

Durante todo o dia, quem passar por lojas e outros empreendimentos pode se deparar com grandes promoções. No Dia Livre de Imposto, empresas e associações de comerciantes colocam à venda produtos retirando a parte relativa a tributos cobrados por entes públicos federais, estaduais e municipais.

A mobilização visa a chamar a atenção de cidadãos, do setor econômico e de autoridades para problemas do sistema tributário brasileiro, como o grau de incidência de impostos, a complexidade das taxas cobradas e a falta de transparência nessas modalidades de arrecadação.

Segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), está confirmada a participação de mais de 2 mil estabelecimentos em mais de 300 cidades, em 16 estados do país.

Desconhecimento

Pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) mostrou que 74% dos consumidores entrevistados não procuram saber o quanto pagam de imposto. Apenas 26% vão atrás da informação, em práticas como a conferência da nota fiscal. Desde 2013, é obrigatório discriminar nas notas fiscais a parcela aproximada referente aos tributos de um determinado bem ou serviço.

Além disso, a pesquisa da CNDL ouviu micro e pequenos empresários sobre o nível de conhecimento dos encargos tributários em suas atividades. Dos entrevistados, metade não sabia dizer quanto do faturamento ia para o pagamento de impostos, 31% relataram ter uma noção aproximada e 14% afirmaram conhecer esse percentual.

Entre essa amostra de empreendedores, 65% defenderam uma reforma tributária no país. A avaliação de 90% foi de que o sistema tributário é injusto. Entre os consumidores ouvidos, 95% avaliaram a taxação de atividades comerciais no Brasil como pouco transparente.

Em atualização…

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *