domingo, 17 de janeiro de 2021

Niterói lança guia de trilhas

Turistas, trilheiros e moradores poderão ter acesso aos mais belos recantos da cidade no site da Secretaria de Meio Ambiente e no Sigeo. Foto: Bruno Eduardo Alves – Ascom Niterói

Com o objetivo de identificar e mapear as trilhas existentes na cidade, a Prefeitura de Niterói lançou, nesta quinta-feira (10), o Guia de Trilhas de Niterói, um livro sobre estes atrativos naturais, incentivando seu uso, divulgação e preservação. Foram listadas as trilhas ideais para trekking, escalada, mountain bike e para prática da educação ambiental.

Além da versão impressa, os usuários podem ter acesso ao Guia de Trilhas pelo site do Sistema de Gestão da Geoinformação (SIGeo) (http://sigeo.niteroi.rj.gov.br) ou pelo site da Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (www.smarhs.niteroi.rj.gov.br), ou através de Qrcode.

“Lançamos hoje o Guia de Trilhas de Niterói, que será essencial para o ecoturismo e vai orientar niteroienses e turistas na contemplação da natureza, prática de esportes radicais e recreação, entre outras atividades que podem ser realizadas nas nossas florestas urbanas”, disse Eurico Toledo, secretário de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade.

“O guia vem somar às publicações que nossa equipe técnica e voluntários desenvolveram ao longo da gestão, como o primeiro Atlas das Unidades de Conservação do Município de Niterói, o Guia Botânico e o Manual de Arborização Urbana de Niterói”.

Paulo Novaes, presidente da Niterói – Empresa de Lazer e Turismo (Neltur), destacou que o ecoturismo é a modalidade de turismo que mais cresce no mundo todo e frisou que Niterói tem todos os equipamentos naturais para essa prática.

“Seria um desperdício que a nossa cidade, que tem 56% de seu território composto de áreas verdes protegidas, não soubesse aproveitar e divulgar suas belezas naturais. Niterói tem várias trilhas e caminhos que proporcionam uma paisagem onde o verde se mistura ao tecido urbano. O turismo é feito de divulgação e o guia de trilhas é mais uma ferramenta para destacar Niterói nos cenários nacional e internacional”.

O coordenador do Parque Natural Municipal de Niterói (Parnit), Alex Figueiredo, lembrou que somente no Parque da Cidade existe uma rede de 14 quilômetros de trilhas sinalizadas.

“Essa sinalização é resultado do trabalho da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e do grupo de voluntários que temos no Parnit. Recuperamos e sinalizamos esses espaços para o uso dos cidadãos”, explicou Alex.

“Os parques urbanos e unidades de conservação de Niterói dispõem de um potencial enorme para o ecoturismo tanto pela diversidade de ecossistemas, quanto pela disponibilidade de trilhas. Niterói está incluída na Rede Nacional de Trilhas de Longo Curso e Conectividade através da Rota Darwin, trilha de longo curso implantada em 2018 pela Secretaria de Meio Ambiente”.

O Guia de Trilhas de Niterói foi uma parceria das secretarias municipais de Meio Ambiente e de Conservação.

“Temos que cada vez mais modernizar o acesso às trilhas, já que o cliente, que é a população da cidade, é exigente e nós temos que corresponder. Então é muito importante essa parceria transversal do Meio Ambiente com as outras secretarias”, destacou a secretária de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *