fbpx

Niterói libera R$ 4,3 milhões para Viradouro e Cubango

Agremiação contará com R$ 2,5 milhões para o carnaval de 2020. Foto: Divulgação
Agremiação contará com R$ 2,5 milhões para o carnaval de 2020. Foto: Divulgação

As escolas de samba Viradouro e Cubango, embaixadoras de Niterói no Carnaval carioca, contarão com subsídio de R$ 4,3 milhões para 2020 — cerca de 22,8% a mais do que o investimento deste ano. Os valores foram determinados pela Empresa de Turismo de Niterói (Neltur) esta semana. O aporte para a Acadêmicos do Sossego, no entanto, ainda não foi definido.

A Unidos da Viradouro, que encantou a Marquês do Sapucaí com fábulas infantis e galgou a segunda posição em 2019, se prepara agora para consolidar sua posição de destaque no Grupo Especial. A agremiação contará com R$ 2,5 milhões de aporte da Neltur para 2020.

Este valor representa aumento de 20% em relação ao último investimento, de R$ 2,1 milhões. O aumento foi bem recebido pela Viradouro. “Essa parceria é essencial para o desenvolvimento da escola”, disse o presidente da agremiação, Marcelinho Calil.

A escola levará ao Sambódromo o samba-enredo ‘Viradouro de Alma Lavada’, do intérprete Zé Paulo Sierra. O samba versa sobre a mulher brasileira e seu labor em busca do sustento, a partir da figura de Maria de Xindó, lavadeira e matriarca do grupo musical As Ganhadeiras de Itapuã.

A Viradouro será a segunda a desfilar na Sapucaí no domingo de Carnaval, em 23 de fevereiro. Até lá, a escola estará concentrada nos preparativos. Seu primeiro ensaio de rua será neste domingo (3) na Rua Craveiro Lopes, no Barreto, a partir de 18h.

Cubango

Agremiação contará com R$ 1,4 milhão. Foto: Divulgação
Agremiação contará com R$ 1,4 milhão. Foto: Divulgação

A Acadêmicos do Cubango receberá aporte de R$ 1,8 milhão — 14% a mais do que este ano, quando a Neltur injetou R$ 1,4 milhão. A agremiação faturou o segundo lugar da Série A em 2019, mas não conseguiu escalar para o Grupo Especial.

No próximo ano, a Cubango será a quinta escola a desfilar na Sapucaí na sexta-feira de Carnaval, em 21 de fevereiro. A escola se apresentará ao público sob o samba-enredo ‘A Voz da Liberdade’, que encontra na figura do abolicionista Luiz Gama uma inspiração para a luta antirracista.

Sossego

A situação da Acadêmicos do Sossego, por sua vez, ainda está indefinida. A Neltur baterá o martelo sobre o financiamento em reunião na próxima segunda-feira (4). Para estrelar na Série A este ano, a escola recebeu aporte de R$ 500 mil, e garantiu a 12ª posição.

A Sossego abrirá o desfile do sábado de Carnaval, em 22 de fevereiro sob o samba-enredo ‘Os Tambores de Olokun’, sobre as batalhas de orixás. Em nota, a escola informou que não se pronunciará sobre assuntos financeiros.

A Neltur, autarquia ligada à Prefeitura de Niterói, foi procurada para informar os critérios de distribuição da verba, mas não se pronunciou.

Colaborou – Layane Ramos

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com