segunda, 17 de maio de 2021

Niterói, São Gonçalo e região sem ônibus na próxima segunda

Passageiros, Terminal, Terminal rodoviário, Centro de Niterói
Usuários de coletivos já estão recebendo a ‘carta aberta’ com o informe sobre a paralisação do setor. Foto: Vítor Soares

O Sindicato dos Trabalhadores dos Transportes Rodoviários de Passageiros de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac) estão entregando a população nesta terça-feira (20), a ‘carta aberta’ em São Gonçalo e Niterói, com o anúncio da paralisação dos rodoviários programada para a próxima segunda (26).

Segundo o Sintronac as cartas serão entregues até o final de semana, com o objetivo de informar a população. Na última sexta-feira (16) a categoria definiu pela paralisação e sinalização de greve nos transportes por tempo indeterminado.

A mobilização tem como objetivo garantir a vacinação para os rodoviários, considerados pelo estado como fora do grupo prioritário. A secretária Juliana Alves, de 31 anos, moradora do Jardim Catarina, em São Gonçalo, diz concordar com a greve, devido a lotação nos ônibus.

Lotação, terminal, ônibus, passageiros, Niterói, Covid-19, coronavírus, aglomeração
Nesta segunda-feira ônibus não circularam em Niterói, São Gonçalo e Região. Foto: Arquivo / Pedro Conforte

“Concordo porque eles correm muitos riscos. As pessoas entram sem máscaras, ônibus estão lotados, pra mim é o local mais apropriado pra pegar Covid-19”

Já a empreendedora de Niterói, Karine Reis, de 25 anos, discorda: “Se fosse dessa forma, nós que trabalhamos no comércio também deveríamos ser vacinados primeiro. Se formos pensar assim, toda população tem sua profissão como prioridade, assim, todos acabariam tendo que ser vacinados juntos”.

A Prefeitura de São Gonçalo informou que a questão dos grupos prioritários de rodoviários assim como dos professores estão em discussão no Gabite de Crise da COVID-19, desta semana, mas que por enquanto a alteração no calendário está condicionada, também, a quantidade de doses disponíveis.

Procurada, a prefeitura de Niterói ainda não respondeu sobre as reinvidicações e o anúncio de greve no transporte público municipal.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');