quarta, 02 de dezembro de 2020

Niterói tem 11.736 registros de recuperados do coronavírus

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Niterói, são 12.376 casos confirmados da Covid-19. Foto: Marcelo Tavares

Niterói já alcançou a marca de 11.736 registros de pacientes recuperados do novo coronavírus do início da pandemia até este domingo (27), informou a Prefeitura.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Niterói, são 12.376 casos confirmados da Covid-19. A cidade já teve 418 vidas perdidas por complicações da doença.

Ao todo a cidade tem 132 pessoas em isolamento domiciliar sendo acompanhados por profissionais de Saúde. Noventa pessoas continuam hospitalizadas. A taxa de ocupação de leitos é de 25%, uma das menores da Região Metropolitana.

Maricá

Maricá registra, até este domingo (27), 3.980 casos confirmados e 120 óbitos por Covid. Estão curadas da doença 3.790 pessoas e há no momento 70 casos ativos, além de 18 óbitos em análise pela Secretaria de Estado de Saúde.

Estado

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informa que registra, até este domingo (27), 261.860 casos confirmados e 18.278 óbitos por coronavírus (Covid-19) no estado. Há ainda 514 óbitos em investigação e 364 foram descartados. Entre os casos confirmados, 238.609 pacientes se recuperaram da doença.

Brasil

Nas últimas 24 horas, o Brasil confirmou mais 14.318 casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Na mais recente atualização dos números da doença no país, divulgada no fim da tarde deste domingo (27), o Ministério da Saúde também acrescentou 335 mortes ao total de óbitos em decorrência da covid-19.

Só no Brasil, a doença já tirou a vida de 141.741 pessoas. Entre o fim de fevereiro, quando o primeiro caso foi confirmado no país, e as 17h30 de hoje, 4.732.309 pessoas foram diagnosticadas com o novo coronavírus.

O número de pacientes que se recuperaram chega a 4.060.088, o que corresponde a quase 86% do total de pessoas infectadas – 530.480 pacientes continuam em acompanhamento médico.

Autoridades de saúde estaduais ainda investigam se 2.511 mortes suspeitas ocorreram em função da covid-19. Até ontem, havia 2.430 em apuração.

Segundo o ministério, a taxa de letalidade da doença em relação à população geral é de 3%. Ou seja, em cada 100 pessoas que adoecerem, três têm chances de morrer devido às complicações da covid-19.

Uma série de fatores pode contribuir para que o quadro de saúde de um paciente evolua para um caso grave ou resultar em morte. Idosos e quem tem pressão alta, doenças cardíacas, pulmonares, câncer ou diabetes costumam estar mais suscetíveis, devendo redobrar os cuidados.

As informações são fornecidas ao Ministério da Saúde pelas secretarias dos estados. Em geral, o número de notificações aos sábados e domingos tende a ser menor que ao longo da semana devido à demora no repasse dos dados.

Com Agência Brasil

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *