quarta, 25 de novembro de 2020

Niterói discute volta do comércio

O plano de retomada das atividades econômicas na cidade será feita de maneira gradual e responsável, segundo informou o prefeito Rodrigo Neves. Foto: Marcelo Tavares

Representantes de diversas entidades empresariais e do comércio de Niterói farão uma teleconferência com o prefeito Rodrigo Neves na tarde desta segunda-feira (20) para discutir, dentre outras questões, um estudo feito pela Câmara de Dirigentes Lojistas da cidade junto à Associação Comercial e Industrial do Rio.

A proposta, já encaminhada ao gestor municipal, fala sobre a flexibilização do comércio local, que tem sido atingido com a crise provocada pelo avanço do novo coronavírus (Covid-19).

O Sindicato dos Lojistas do Comércio de Niterói (Sindilojas) também marcará presença na reunião remota. Demais frentes que também atuam na cidade prometem revelar outras sugestões estratégicas ao Executivo.

“Faremos um plano de retomada das atividades econômicas de maneira responsável”, frisou o prefeito Rodrigo Neves, na noite deste domingo (19).

Segundo Neves, a criação do Grupo de Trabalho com as entidades empresariais visa repetir ações já feitas na Alemanha e Coréia do Sul “de maneira gradual e responsável, para que continuemos salvando vidas e mantenhamos as empresas de Niterói de pé”, enfatiza.

O gestor municipal disse que o setor econômico do Brasil já vinha caminhando de maneira lenta, com baixo crescimento, ainda antes do coronavírus.

“Nesse período de maior restrição econômica é evidente que os governos, principalmente o federal, precisam apoiar o setor privado e as nossas empresas. Niterói foi a primeira do Brasil a criar programas de apoio à iniciativa privada, às pequenas e médias empresas”, relembrou Neves.

Segundo o presidente da CDL Niterói, Luiz Vieira, a ideia é dar prioridade a vários segmentos, porém, por meio de alternações. “Então, em um período trabalharia um segmento, no outro período trabalharia um outro segmento”, esclarece.

Vieira revela ainda que o setor empresarial espera um entendimento do governo para que cheguem em um denominador comum, onde haja uma combinação de prevenção, cuidado à vida e à saúde e ainda assim a permanência do equilíbrio econômico.

Ele conta que sobre a questão dos atendimentos nos locais, se o plano sugerido der certo, as pessoas só poderão entrar nas lojas com máscaras, como já será obrigatório circular na cidade a partir da próxima quinta-feira (23). Aqueles funcionários que manuseiam dinheiro com frequência vão precisar usar luvas.

“Todos os colaboradores também terão máscaras, haverá controles de entrada, álcool nas portas das lojas, controles de filas. Sempre obedecendo às recomendações dos especialistas em Saúde Pública, no sentido de colaborarmos com a prevenção”, explica Luiz Vieira.

O presidente da CDL Niterói sustenta que de forma responsável o comércio precisa abrir para não quebrar.

“Infelizmente o comércio está em situação delicada e precisando abrir para não quebrar. As empresas não estão aguentando mais. Estamos propondo ao governo uma parceria. Um entendimento de modo que cheguemos a um equilíbrio”, continua.

Ele finaliza lembrando que o mais importante é a vida e saúde das pessoas. “Mas as pessoas precisam sobreviver, se alimentar. Precisam da geração da economia para poder ter as suas atividades, empregos garantidos”, encerra.

Publicado às 21h48.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

41 thoughts on “Niterói discute volta do comércio

  1. Temos leitos, profissionais de sáúde, equipamentos de EPI suficiente para um eventual aumento de casos e consequentemente internações? É O FAMOSO JEITINHO BRASILEIRO NÉ?

  2. Boa Noite!!! ?

    Sou uma loja de torta e tem que deixar pelo menos o
    Cliente buscar na loja (sistema take away), não entendo, pq o cliente pode ir ao mercado ou padaria que tem fila e aglomeração e na minha loja que não tem aglomeração e nem fila, ele não poder ir para pegar o produto.

  3. Ainda não estamos no mesmo ponto em que Alemanha e Coreia do Sul estão, será mais um erro do pequeno ditador.

  4. Tudo com prudência e equilíbrio mas o trabalho emprego, o empresário a meu vê faz parte ate da saúde!
    Porque o desespero de ambos leva a doenças e morte!!
    Com dinheiro e diferente.
    Equilibrio bom senso!!
    Maos a OBRA.
    JULIANA MORAES.

  5. Excelente ! Em comentário recente de uma postagem sei exatamente esta sugestão !
    Já funciona assim nos mercados padarias e farmácias, sempre controlando a entrada de pessoas a higienização e o uso de mascaras.
    Vai funcionar.?

  6. Bom dia! Sou um pequeno empresário comercial na área de instrumentos musicais e venho sofrendo muito com isso,deixando de pagar minhas contas, pois só possua da renda do meu estabelecimento.

  7. No fim, Bolsonaro acha que sempre teve razão… hospitais vazios, cirurgias graves sendo desmarcadas e desde o início era para se ter feito o isolamento vertical. O mal já está feito, Rodrigo Neves, mas voltando agora pode ser que nem tudo seja perdido ?

  8. Ele sabe que haverá uma quebradeira geral. Umas de forma financeira e outras através de ações destrutivas dos grupos sociais alienados de quaisquer benefícios para sobreviver. *O medo transforma atitudes e faz mudar o curso do rio.*

  9. Esse isolamento maciço é burro, ineficaz e sem base científica.

  10. Se o pode funcionar supermercado, por que uma loja não pode atender os clientes na porta?

  11. Acho muito cedo. Devemos esperar mais. Todos devem ter consciência que vamos ter perdas, mas pelo menos não de vidas.
    Não estamos no ponto da Alemanha. Só estamos conseguindo nos manter, por causa do afastamento social. Quem está pedindo pra voltar são os empresários, donos de loja querem perder , mas todos estamos perdendo..
    Acho totalmente imprudente esta medida forçada pelo comércio.
    O prefeito que estava tendo medidas tão sensatas, vai dar o braço a torcer agora!! Pelo amor de Deus!!

  12. Se mercados, farmácias, postos de gasolina e outros estão atendendo, por que não as lojas?
    Saberão trabalhar de modo seguro, atendendo as regras.

  13. Abrir o comércio mesmo fazendo de forma alternada é uma temeridade.
    A Pandemia ainda não chegou ao Pico.
    Muita gente vai morrer.
    ?

  14. Isso já passou de todos os limites. Temos q trabalhar. Prefeito corrupto não está preocupado com a saúde de ninguém, apenas com os seus interesses políticos.

  15. Então, por que distribuiu-se a renda básica emergencial para 3 meses, se td voltará ao normal???
    Só digo isso: vai morrer mt gente se acabar o isolamento.Que farsa!!!

  16. E, quanto aos “milhares” de trabalhadores “informais” ?
    Esses devem morrer de fome ?
    Deixar seus filhos, também, morrerem de fome ?
    Ora ! Sr. Prefeito, deixe de hipocrisia !
    É lógico, que o ideal seria o “isolamento horizontal” para todos, mas eu quero ver o Sr. falar isso para o homem que tem mulher, e 3 ou 4, filhos em casa passando fome e sem ter 1 kg de feijão para alimentá-los.
    Há de se achar o “bom senso” pois que estiver “fóra” do grupo de risco, deveria ter o “sagrado” direito de trabalhar para sustentar sua família.
    O resto, é tudo “hipocrisia” !

  17. Na hora que começar a morrer gente nas ruas por covid19 e não enterrarem os.mortos como no equador e usar covas coletivas como nos USA quero ver o papinho do dinheiro na frente da saude desses merdas desses empresarios.

  18. Em vez da Prefeitura distribuir máscaras aleatoriamente , deveriam agentes da Prefeitura encarregados de distribuir máscaras para aqueles que não estivessem portando , seguido de recomendações.

  19. Tenho uma pequeno comercio no centro da cidade. Não é possível entender porque não é podemos estarmos atendendo as pessoas com todas as medidas e protocolos existentes. As ruas do Centro vivem com filas nos bancos, lotéricas, e pessoas passeando mesmo… Já que Elas estão na rua mesmo, não poderiam aproveitar e fazer as outras coisas que precisa?

  20. Eu sou sempre a favor de direitos e responsabilidades. Todos os estabelecimentos devem ter o direito de abrir. Multa de 5 mil reais por dia por cada funcionário sem máscara e 1 mil reais por cada cliente que fique no local sem máscara. Topam?

  21. Filas bancárias gigante pode, filas nas lojas Americanas pode, a hora que os saques as lojas aumentarem mais e o caos tomar conta eu quero ver, Niterói vive de comércio, mas as pessoas preferem dar mais importância a briga política do que ver o bem da população.

  22. Tenho barbearia na Alameda pois penso da seguinte forma precisamos trabalhar e seguir as regras luvas , máscaras para profissionais e clientes e álcool gel sempre ao entrar e sem agromeracao de 2 em 2 cliente com horário marcado pois do geito que está não dar pra continuar os profissionais liberais já estão passando por necessidade dentro da sua casa, se nós tomarmos os cuidados NÃO vamos morrer de covid 19 e nem de FOME, Precisamos trabalhar por favor .

  23. Sabemos que essa decisão ajudará diretamente aos pequenos e médios comerciantes empreendedores da nossa Cidade, direta e indiretamente somos mais da metade da economia da cidade de Niterói! Sabemos que com responsabilidade estratégia e organização podemos sim reabrir os comércios ! Podemos pensar em muitas maneiras diferentes nesta reabertura do comércio, podemos intercalar horários, separar um horário especial para os idosos não ter que esperar em filas para proteger e etc…

  24. Sou aposentado mas Fico revoltado quando vejo o comércio fechado e mercados, farmácias, ortifrut e padarias abertas o povo quer trabalhar lojas de material de construção, miudezas, roupas, móveis e eletro domésticos e outras vão quebrar o País vamos trabalhar!!

  25. podemos abrir de forma linear , conforme ja havia dito, pois nos que vivemos do comercio , nao teremos com se erguer , pois ate mesmo a PMN tentando ajudar um dia a conta chegara para pagar .

  26. Estava admirando o prefeito. Agora ele vai aderir ao capitalismo selvagem? Padaria, mercado vendem produtos essenciais. Roupa , bolo, presentes, artigos musicais etc.podem aguardar mais um pouco. Prejuízo financeiro o mundo terá. Não podemos ser egoístas a tal ponto. Tenho esperanças. Obrigada

  27. Aí que mora o problema solta o povo pra trabalhar aí eu quero ver se os hospitais vai dar conta dos doentes por covid 19 tenta a sorte prefeito

  28. Isolamento ditador é um crime contra a economia. Se a economia quebra, a sociedade colapsa. Há muito tempo deveriam obrigar todos a usar máscara. É uma forma equilibrada de combater a pandemias e preservar a economia.
    Todos os anos MORREM no Brasil quase 40.000 pessoas por acidente de trânsito. Então vamos proibir toda circulação de carros e motos? Seriam absurdo não é?
    Para poupar mortes no trânsito: cinto de segurança, radar, bafômetro, etc. Para poupar morte pelo vírus: máscaras e dispensers de álcool. A economia é o sangue da sociedade, se ela ruir todos perdem tudo.

  29. Também entendo que ainda não estamos no mesmo momento da Alemanha. Retroceder agora pode custar muitas vidas. Nós brasileiros temos dificuldade de lidar com frustrações e suportar coletivamente momentos de crise. Esse momento não eh individual. É coletivo!

  30. Tô impressionado…aqui só tem empresário rs As pequenas empresas pagadoras de tributos não estão recebendo uma ajuda financeira em tempos de pandemia? Tem que abrir sim mas, de forma bem gradual e com total segurança. Essa elitezinha de merda não quer quebrar mas, na verdade, vai pro D’or. Prefeito, vai devagar, continua “no certo”. Parafraseando o idiota na presidência: “Vai morrer (quebrar) quem tiver que morrer (quebrar).”

  31. Para quem vão vender,para milhares de pessoas mortas,sem nem a família poder se despedir. Ainda é cedo prefeito para isso.O senhor estava indo tão bem, não vai retroagir agora.

  32. Quando saio para fazer compras vejo vários lojistas furando a quarentena em icarai… Não pretendo voltar a consumir nesses estabelecimentos, pois provaram não ter compromisso social. Se não está havendo respeito agora, quem dirá depois q começar a abrir. Vejo mtos trabalhadores com máscara no pescoço. Na época da gripe suína, no início tinha álcool em gel em tdo q é loja.. 2 meses depois, só encontrávamos dispenser vazio.. Entendo a dificuldade financeira, mas o empresariado não conseguiu equilibrar desenvolvimento econômico com a proteção ambiental mesmo após quase 50 anos de alertas, duvido q em 50 dias aprendam a empreender em equilíbrio com a proteção a saúde.

  33. Não só lojas mas os bancos tbm.Quando vai pavimentar a rua aqui de Itaipu.Restaurantes e Shoppings.

  34. Hoje apenas o serviços essenciais estão em funcionamento x 210 milhões de brasileiros que saem todos os dias de casa, do distanciamento social, para satisfazer necessidades primárias.. Gostaria de saber o que muda? Porque as pessoas estão expostas do mesmo jeito. Não tem como controlar 100%,óq pois o vírus pode estar em qualquer parte.. Eu sou lojista no ramo de depilação que a muito tempo deixou de ser um capricho ou luxo , é um serviço que primeiramente está ligado diretamente com a higiene das pessoas. Deveria haver uma melhor avaliação para este segmento.. Sou a favor da abertura do comércio que seja com ressalvas, ou restrições, ou seja sem aglomerações, fazendo uso dos materiais de Biossegurança.

  35. Boa tarde . Por favor nos que trabalha no comércio precisamos trabalhar até agora a prefeitura não fez nada para quem trabalha no comércio .só para quem está desempregado. E nós .como fica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *