sexta, 04 de dezembro de 2020

Niteroiense retida no Marrocos pede repatriação urgente

Repatriação está sendo coordenada pelo governo. Em vídeo, grupo de brasileiras pede rapidez. Foto: Reprodução vídeo

Os 203 turistas brasileiros que estão retidos no Marrocos deverão retornar ao Brasil até o próximo domingo (22), segundo informou o Ministério do Turismo nesta quinta-feira (19). Entre eles, duas moradoras de Niterói. A ação, coordenada pela pasta, em conjunto com o Ministério das Relações Exteriores, conta com apoio da Rede Record e da companhia aérea Latam. 

“A gente recebeu essa notícia, mas ainda não deram nenhuma previsão. Por aqui, disseram que o vôo estará saindo nesta madrugada do Brasil e vindo pra cá. Estamos na expectativa do que vai acontecer. O governo marroquino disse que todos os cidadãos brasileiros precisam ser repatriados até o dia 22”, explica a niteroiense Andreia Cristina Oliveira, de 42 anos.

Em um vídeo gravado e compartilhado nas redes sociais nesta quarta-feira (18), Andreia solicita “repatriação de forma urgente”. Ela explica que todos os vôos que tinham do Marrocos para o Brasil foram cancelados.

“Nós não temos tempo e precisamos que o governo brasileiro nos ajude a retornar para os nossos lares. O hotel que estamos está completamente vazio e só nós que estamos aqui”, dizia ela em trecho do vídeo.

Já nesta quinta (19), Andreia contou que o grupo recebeu um documento do Ministério do Turismo. “Um dos integrantes aqui do grupo ligou para a Embaixada do Brasil em Habat que confirmou a veracidade do que estava no papel timbrado. No entanto, ainda não recebemos maiores orientações. Mas já sabemos que o encontro [a busca] acontecerá no Aeroporto Marrakech-Menara”, explica.

Dona de uma agência de viagens em Icaraí, na Zona Sul de Niterói, Andreia contou que mora em Piratininga, na Região Oceânica, e que está no Marrocos apenas acompanhando um grupo de viajantes. Ela contou sobre a situação crítica vivenciada pelos cidadãos brasileiros, que lutam para retornar ao país de origem, após a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

“Temos um grupo no whatsapp e as pessoas estão se ajudando da forma que dá. Tem gente que está sem dinheiro, sem comida, sem hospedagem. Eu estou com idosos e todo mundo toma medicação…”, relata.

O Ministério do Turismo ainda não revelou previsões de data e horário do vôo que vai buscar o grupo de brasileiros, com justificativa de que “esses detalhes estão em fase de definição”. No entanto, Andreia informou que recebeu uma informação preliminar de que o avião sairia do Brasil ainda nesta madrugada de sexta (20).

A Rede Record foi a responsável pela contratação do avião que trará os brasileiros do Marrocos. Dos 203 brasileiros, 73 estavam no país para participarem da gravação de uma novela da empresa.

A primeira ação de repatriação dos brasileiros atingidos pela crise provocada pela pandemia do novo Coronavírus teve como objetivo retirar os brasileiros que estão no Peru.

Mais cedo, o Ministério das Relações Exteriores informou que turistas brasileiros que estão retidos no Peru serão repatriados nesta sexta-feira (20). No último dia 15, em meio ao aumento do número de casos de Covid-19 no país, o governo peruano decretou quarentena obrigatória para a população e o fechamento das fronteiras por 15 dias.

Decreto

O Estado do Rio de Janeiro deverá ser comunicado com antecedência nos casos de passageiros repatriados para a adoção de medidas de isolamento e acompanhamento pela Secretaria de Estado de Saúde, de acordo com o decreto (número 46.980) extraordinário do governador Wilson Witzel (PSC), publicado na noite desta quinta-feira (19), nos atos oficiais.

Com informações de Agência Brasil

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *