sexta, 27 de novembro de 2020

Nova OS assume gestão do hospital Alberto Torres na segunda

Mudança na gestão acontece na segunda-feira (28). Foto: Arquivo/Plantão Enfoco

O Instituto de Desenvolvimento, Ensino e Assistência à Saúde (Ideas), de Santa Catarina, vai assumir a administração do Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê, em São Gonçalo, a partir da próxima segunda-feira (28). A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), na noite desta sexta-feira (25).

A nova organização social (OS) substituirá a Lagos Rio, cujo contrato vence no domingo (27). Inicialmente, o Estado havia anunciado que a OS seria substituída pela Fundação Saúde do Estado na administração da unidade. Mas, segundo a SES, a troca do modelo de gestão sofreu um atraso em função do processo de substituição do secretário estadual de Saúde.

“Desta forma, foi aberto um processo emergencial de seleção de nova organização social para a gestão do Alberto Torres. Deverá ser assinado um contrato de um ano, mas com cláusula que permita a substituição desta OS assim que um contrato definitivo for assinado”, informou a SES, em nota.

O governador em exercício Cláudio Castro nomeou, nesta sexta-feira (25), o médico pneumologista Carlos Alberto Chaves de Carvalho para o cargo de secretário de Saúde, no lugar de Alex Bousquet. Por quase uma década, o novo responsável da pasta foi supervisor do Gate-Saúde, Grupo de Apoio Técnico ao Ministério Público do Rio de Janeiro.

De acordo com a SES, no Estado do Rio, a Ideas administra duas unidades de saúde da Prefeitura de Angra dos Reis: o Hospital Geral da Japuíba e a UPA infantil Agda Maria. Em Florianópolis, a OS é a gestora do Hospital Materno Infantil Santa Catarina. Apesar disso, é a uma estreante em contratos com o Governo do Estado.

A organização social também vai assumir a gestão do Hospital Zilda Arns, em Volta Redonda, em substituição à OS Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Mutuípe.

Sem pagamento

Apesar da mudança, profissionais da saúde do Heat afirmam continuar sofrendo com o atraso no pagamento dos salários. De acordo com eles, a Organização Social (OS) responsável pela unidade, o Instituto Lagos Rio, ainda não pagou o mês de agosto.

A OS afirma que realizou o repasse para a OS no último dia 16, mas o Instituto Lagos Rio nega a informação.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *