sábado, 23 de janeiro de 2021

Nova queda na ocupação de UTIs para Covid em Niterói e São Gonçalo

Em Niterói a diminuição foi de 12,5%, enquanto em São Gonçalo a queda foi de 16%. Foto: Gov PR / Divulgação

A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes diagnosticados com Covid-19 apresentou queda de 12,5% pela segunda semana consecutiva na da rede particular de Niterói, segundo levantamento divulgado nesta quarta-feira (6) pelo Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Casas de Saúde (SindhLeste).

De acordo com o relatório, o número de leitos ocupados, que antes era de 192, diminuiu para 168, e agora representa 61% do total de taxa de ocupação. No balanço divulgado no último dia 29, o número de leitos ocupados estava em 71%.

Ainda de acordo com o SindhLeste, a queda mais expressiva foi no número de quartos ocupados, que está em 25%. São ao todo 156 quartos em uso, o que representa 47% na taxa de ocupação de quartos destinados a pacientes com Covid-19.

A Prefeitura de Niterói ainda não divulgou o boletim atualizado da Covid-19 nesta quarta-feira (6). No entanto, um dia antes, Niterói já tinha confirmado 23.712 casos de coronavírus. Ao todo, foram 22.801 pessoas curadas, 100 em isolamento, 175 hospitalizadas e 636 óbitos até a última terça (5).

São Gonçalo

Na cidade são 35 leitos de UTI ocupados até esta terça-feira em hospitais particulares, representando 61% de ocupação dos espaços reservados para a Covid-19. No último balanço divulgado dia 29 eram 42 leitos de UTI ocupados, que representavam 73% de ocupação. Com isso houve queda de 16% na taxa de ocupação.

Com relação ao número de quartos ocupados por pacientes com o novo coronavírus, de acordo com dados do SindhLeste, são 33 até esta terça. No último balanço divulgação eram 38 quartos ocupados, portanto se mantendo estável com ligeira queda.

O boletim atualizado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta quarta (6) informa que São Gonçalo registrou 12 óbitos em decorrência do novo coronavírus (Covid-19), chegando a 1.040 vidas perdidas pela doença no total.

Até o momento, São Gonçalo contabiliza 35.062 casos confirmados, 32.602 curados, 71 hospitalizados na Rede Pública Municipal de Saúde, 1.349 em quarentena domiciliar e 1.040 óbitos confirmados.

Os óbitos lançados no boletim de hoje são de datas retroativas, devido ao processo de investigação feito pela Divisão de Vigilância Epidemiológica, com base nos resultados dos testes realizados pelos pacientes.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *