sexta, 16 de abril de 2021

Nova variante faz disparar número de adultos internados em Niterói

Segunda Secretaria Municipal de Saúde, a demanda por internações para tratamento da doença continua crescendo. Foto: Arquivo/Pedro Conforte

Com 121 pessoas internadas por complicações da Covid-19, o Hospital Municipal Oceânico, em Niterói, chegou nesta quarta-feira (7) ao maior patamar de ocupação de leitos, desde março do ano passado, informou o secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira.

Segundo o médico sanitarista, a demanda por internações para tratamento da doença continua crescendo. Na rede pública, chegou em 87% a taxa de ocupação de leitos exclusivos para o coronavírus. Enquanto na rede privada, há 90% de ocupação somente em Centro de Terapia Intensiva (CTI).

Adultos em risco

O número de pessoas jovens internadas com diagnóstico de Covid-19 aumentou ao longo do período, na avaliação do Comitê Científico contra a Covid-19, da prefeitura. Por exemplo, percentualmente, no Hospital Oceânico, a taxa de pacientes entre 30 e 39 anos dobrou de fevereiro para março.

“Essa nova cepa… nova variante, não é mais uma variante restrita, que faça casos graves majoritariamente em pessoas idosas. A gente tem muitas pessoas entre 40 e 49 anos. E 50 e 59 anos”

Niterói já teve 969 vidas perdidas por complicações da doença até esta quarta. A Secretaria de Saúde contabiliza 31.529 casos confirmados desde o início da pandemia. Outras 29.759 pessoas conseguiram se livrar do vírus. Mas 458 permanecem em isolamento e 345 estão hospitalizados, informa dados oficiais.

Maricá

Maricá conseguiu frear o avanço de internações por Covid-19. Foto: Karina Cruz

A taxa média semanal de ocupação de leitos para atendimento a pacientes com Covid-19, no período de 31 de março a 6 de abril compreendendo os hospitais Conde Modesto Leal e Dr. Ernesto Che Guevara, além da UPA de Inoã, foi de 71,19%, sendo 4,28% de pacientes de outros municípios.

Houve um recuo referente à semana anterior, na qual a taxa média de ocupação registrada foi de 96,01% (sendo 29,31% de pacientes de outros municípios), porém isso se deve ao acréscimo de novos leitos, como a Secretaria de Saúde vem buscando fazer desde o início da pandemia. Atualmente a cidade conta com 140 leitos para pacientes de Covid-19, disse a prefeitura.

A cidade de Maricá registra, até esta quarta-feira (7), 12.381 casos confirmados e 287 óbitos por Covid-19. Os óbitos deste boletim são de oito homens de 55 a 88 anos que moravam em Ponta Grossa, Araçatiba, Centro, Cordeirinho, Flamengo e Itaipuaçu; além de seis mulheres com idades entre 55 e 75 anos que residiam em Inoã, Itaipuaçu e Cordeirinho.

Estão curadas da doença 11.850 pessoas e há no momento 244 casos ativos, além de 10 óbitos em análise pela Secretaria de Estado de Saúde.

Itaboraí

A Secretaria Municipal de Saúde de Itaboraí informa que a cidade se encontra na bandeira vermelha, risco alto de contágio de Covid-19, tendo registrado até esta quarta 41.243 notificações.

Foram confirmados 11.611 casos positivos de Covid-19, se encontram ainda em investigação 357. O município também já descartou 7.660 casos prováveis, mas, ainda sim, 544 óbitos foram registrados.

Cada bandeira representa um nível de risco e um conjunto de recomendações de isolamento social, que variam entre as cores roxa (risco muito alto), vermelho (risco alto), laranja (risco moderado), amarela (risco baixo) e verde (risco muito baixo).

São Gonçalo

A Secretaria Municipal de Saúde de São Gonçalo confirmou 15 óbitos em decorrência do novo coronavírus (covid-19) nesta quarta-feira (7), chegando a 1.648 no total. As mortes ocorreram entre 16 e 28 de março. 

Até o momento, São Gonçalo contabiliza 65.726 casos confirmados, 63.279 curados, 97 hospitalizados na Rede Pública Municipal de Saúde, 702 em quarentena domiciliar, 99 óbitos em investigação e 1.648 óbitos confirmados.

Os óbitos lançados no boletim de hoje são de datas retroativas, devido ao processo de investigação feito pela Divisão de Vigilância Epidemiológica, com base nos resultados dos testes realizados pelos pacientes.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');