sexta, 04 de dezembro de 2020

Novos nomes, velhas promessas em Niterói

Maternidade Alzira Reis, em Charitas, é uma das promessas. Foto: Google Street View

A Prefeitura de Niterói tem passado por diversas mudanças desde a soltura do prefeito Rodrigo Neves no último dia 13. O gabinete, a Secretaria de Governo, a Secretaria Municipal de Fazenda e a Secretaria de Planejamento apresentaram novos nomes e trouxeram antigos ao presente. O prefeito também reuniu o secretariado para discussão de metas para o ano de 2019, mas apesar disso, importantes promessas para a cidade seguem sem respostas.

Rodrigo Neves se reunião com antigos e novos secretários para discutir metas do ano. Foto: Ascom Niterói / Divulgação

Entre as perguntas não respondidas pela Prefeitura estão as obras da Transoceânica; a revitalização das orlas das praias da Zona Sul do município, assim como a da Alameda São Boaventura, na Zona Norte; a municipalização do Complexo Esportivo Caio Martins, em Icaraí; e a ampliação e reforma da maternidade Alzira Reis, em Charitas.

As obras da Transoceânica, por exemplo, seguem atrasadas. O sistema BHS, que deveria ter sido iniciado no final de 2018, ainda não está em funcionamento.  

O mesmo acontece para a revitalização da Alameda São Boaventura, uma das principais vias da cidade, na Zona Norte. Previsto para ter as obras iniciadas no primeiro trimestre deste ano, no início de fevereiro ainda estava sendo realizado o estudo da bacia hidrológica para só então ser iniciado o processo de licitação.

O Complexo Esportivo Caio Martins, na Zona Sul, está com atividades suspensas desde outubro do ano passado. Uma publicação do vereador Leonardo Giordano nas redes sociais, nesta quinta-feira (21), relatou o abandono do local. “Diversas atividades estão interrompidas graças ao abandono do governo do estadual. Estamos cobrando”, ele relatou.

Vereador Leonardo Giordano (PC do B) denunciou a falta de manutenção na piscina do Caio Martins, em Icaraí. Foto: Rede Social

Algumas obras, no entanto, já estavam previstas para serem realizadas este ano. A Maternidade Municipal Alzira Reis está com obra de reforma e ampliação prevista para novembro deste ano. O projeto inclui novos leitos, além de uma unidade de cuidados intermediários para recém-nascidos.

Os 12 quilômetros de orla entre o Mercado São Pedro, na Ponta da Areia, até a praia de Charitas também têm previsão para passarem por obras no primeiro semestre deste ano. O trajeto vai ganhar decks, mirantes e novo paisagismo.

A Prefeitura de Niterói foi procurada para atualização de prazos e informações sobre o andamento das obras e projetos, mas não respondeu.

O programa de metas municipal definido em 2017 e válido até o próximo ano é dividido em sete áreas: Niterói Organizada e Segura; Niterói Saudável; Niterói Escolarizada e Inovadora; Niterói Próspera e Dinâmica; Niterói Vibrante e Atraente; Niterói Inclusiva; e Niterói Eficiente e Comprometida.

Essas áreas dividem as questões que devem ser tratadas no município, como: mobilidade, desenvolvimento, segurança, saúde, saneamento básico, educação, tecnologia, meio ambiente, cultura, esporte e lazer e entretenimento, igualdade de oportunidades e gestão pública.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

5 thoughts on “Novos nomes, velhas promessas em Niterói

  1. Se o prefeito, lançou mão do dinheiro das passagens dos mais necessitados,
    Imagine se vai ter respostas,em essas obras mau terminadas.

  2. E as obras no centro da cidade? A rua aurelino leal está as escuras. Ja reclamei e nada foi feito.

  3. Urgente a necessidade de política e investimento em mobilidade e transporte público de massa, não há qualidade de vida para quem mora em Niterói e passada horas do seu dia parado no trânsito, esperando sinais abrirem e fechar sem sair do lugar.

  4. A administração Municipal de Niterói, antes de iniciar obras denembelezamento, deveria priorizar a conclusão das obras já iniciadas e concluir as obras de infraestrutura e saneamento com asfaltamento de todas as ruas da Região Oceânica!
    É um absurdo um município classificado nacionalmente como um dos melhores índices de IDH nacionais ainda possuir bairros inteiros sem ruas asfaltadas!!!
    O dia que o prefeito fizer e concluir esse serviço será reconhecido por toda a população da cidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *