terça, 27 de outubro de 2020

Número de acidentes nas rodovias federais diminui

A quantidade de acidentes e mortes nas rodovias federais do Rio de Janeiro diminuiu em relação ao ano anterior, segundo o balando da Operação de Ano Novo divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PFR), nesta quarta-feira (2). Por outro lado, o número de feridos aumentou.

Do dia 28 de dezembro de 2018 ao 1º de janeiro de 2019, as rodovias registraram 77 acidentes com 95 feridos e sete mortos. Já no mesmo período do ano anterior, ocorreram 105 acidentes, 87 feridos e 13 mortes.

Os acidentes com mortes aconteceram na Rodovia Rio-Santos, BR-393, Rodovia Presidente Dutra e Rodovia Rio-Teresópolis.

Agentes da PRF atuando na Operação de Ano Novo (Foto: Divulgação/PRF)

Rodovia BR-101

No período de 28 de dezembro de 2018 a 1º de janeiro de 2019, uma média de 85 mil veículos passaram pela BR-101 por dia, segundo a Autopista Fluminense, concessionária que administra a rodovia. Nesses dias, foram contabilizados pela concessionária 985 atendimentos a ocorrências, sendo 612 deles para assistência a veículos com panes, o que representa 62% do total. Não foram registrados acidentes com mortes na rodovia no período.

Ao longo dos 322 quilômetros de rodovia entre a divisa Rio de Janeiro e Espírito Santo, as equipes de atendimento médico prestaram socorro em 53 acidentes, com 33 feridos, sendo 27 vítimas leves, uma moderada e cinco graves. Em 2017, durante os quatro dias de operação especial para o Réveillon, a concessionária registrou 39 acidentes, 40 feridos e dez mortes.

Mais de 60% dos atendimentos na rodovia foram para veículos com panes mecânicas (Foto: Divulgação/Autopista Fluminense)


(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *