Prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, assinou ordem de início para o projeto. Foto: Divulgação

O Canto da Praia de Itaipu, na Região Oceânica, um dos locais mais visitados de Niterói, passará por uma repaginação urbanística no acesso à praia, com reordenamento do estacionamento e adequação de acessibilidade. 

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, visitou a área, neste sábado (12), e deu ordem de início para o projeto, que será desenvolvido pela Emusa em parceria com a Secretaria Municipal de Planejamento e Modernização da Gestão (Seplag) e a Cooperação Andina de Fomento (CAF).

O investimento será de R$ 2  milhões. As obras terão início esta semana, e a previsão é que sejam concluídas em cinco meses.

O projeto contempla uma área de 6.186 m² com a implantação de praça de eventos em frente ao Museu Arqueológico de Itaipu, espaços de estar, deck e rampa de acessibilidade, passeio público e edifícios de apoio à atividade pesqueira com centro de beneficiamento. O empreendimento  tem como objetivo aumentar ainda mais o potencial turístico da região e promover a restauração paisagística do local.  

“Quando fizemos o planejamento para o túnel, pensamos num conjunto de obras e estamos investindo neste projeto que criamos, o Pró-Sustentável, que engloba infraestrutura, pavimentação e uma série de outras obras em vários bairros”, disse o prefeito.

“Com as obras, o Canto de Itaipu vai ser muito mais visitado. Vamos manter as características ambientais, evidenciando a natureza e identificando potencialidades produtivas, propondo práticas e estratégias para o desenvolvimento sustentável, que permitam integrar o Canto de Itaipu ao resto da cidade. Todos sairão ganhando  com esta obra. Teremos incentivo ao turismo e a pesca artesanal”, completou.

O secretário de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Axel Grael  observou que, com esta iniciativa, será possível construir salas de reunião, de administração e depósito de pescado, o que vai incentivar e ajudar os habitantes que vivem da pesca artesanal da região.

“Todo o projeto de requalificação urbanística do Canto de Itaipu tem como objetivo agregar, tornando-se uma alternativa de lazer, comércio e desenvolvimento da atividade pesqueira”, disse Axel Grael.

O projeto privilegia a inclusão social e, para isso, serão construídas passagens com acessibilidade ao banho de mar para as pessoas com dificuldades de locomoção, principalmente, cadeirantes. 

Para o novo projeto de paisagismo do Canto de Itaipu, a meta é preservar o maior número de espécies arbóreas existentes,  privilegiando as espécies do ecossistema da Mata Atlântica e de restinga condições saudáveis.

Comerciantes e pescadores aprovam a obra

O presidente da Associação dos Comerciantes de Itaipu, Jorge Bellas, o Jorginho, ficou satisfeito com a iniciativa da Prefeitura.

“Itaipu tem uma característica diferenciada. É um recanto que agrega diversas faixas etárias e classes sociais. Um local de convivência que tem ótimas opções de bares e restaurantes, isso sem contar a beleza da paisagem natural. Nada mais justo que o local seja repaginado e ganhe mais estrutura” observou Jorginho.

A presidente da colônia de pesca de Itaipu, Lidiane Vieira Freitas, disse que a colônia de pesca  ganhará um novo impulso.

“Além de valorizar os pescadores artesanais, poderemos com isso ajudar a manter essa cultura tão importante em Itaipu. Vamos ter mais chance de empregos e ainda estaremos colaborando e preservando todo o espaço. É uma iniciativa muito importante e estávamos aguardando muito por isso ”,  finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *