domingo, 24 de janeiro de 2021

Operação contra mortes no trânsito em rodovias federais

Ação foi lançada nesta sexta-feira (18). Foto: Pedro Conforte

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) lança, nesta sexta-feira (18), na Praça do Pedágio, na Ponte – Rio Niterói, a Operação Rodovida. A ação integra órgãos municipais, estaduais e federais e acontece em todas as rodovias federais do país até o dia 21 de fevereiro.

Segundo o porta-voz da PRF, José Helio Macedo, além das ações educativas e de fiscalização que já são previstas, a operação contará com uma campanha para discutir a responsabilização dos causadores dos acidentes.

“O período de festas registra um aumento de acidentes nas rodovias. A gente vem reforçando o nosso trabalho tanto de fiscalização como de educação para o trânsito. Isso é necessário para que a gente consiga atuar nesse período de forma efetiva e reduzir a gravidade dos acidentes”, afirmou.

Ainda segundo José Helio, o atropelamento é uma das principais causas de morte nas rodovias.

“A gente também alerta sobre os perigos do trânsito em trechos urbanos. Por isso, é preciso que motoristas e pedestres redobrem a atenção nesses perímetros, principalmente nos pontos que a rodovia corta alguma cidade”, destacou.

Período estratégico

Silvinei Vasques, superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Rio, disse que a escolha da operação no mês de dezembro é uma estratégia.

“A chegada do verão, somada a festas de Natal , Ano Novo e também a férias escolares, desencadeiam o aumento de acidentes nas estradas. Por isso, contamos com nossos parceiros que trabalham integrados na conscientização e fiscalização. Nosso intuito, é conseguir passar esse período importante para todos com uma redução de acidentes”, destacou.

Ainda segundo Vasques, a PRF do Rio recebeu um reforço de 100 agentes para reforçar o policiamento por conta da operação.

“Eles já se apresentaram e inclusive estão trabalhando em Niterói também. Além disso, estamos comprando a folga dos nossos policiais do Rio. Em alguns locais, a gente consegue até triplicar o nosso efetivo em áreas com maior incidentes de mortes e crimes”, pontuou.

Marcelo Rocha, tenente-coronel e superintendente da Operação Lei Seca que também participa da ação, relembrou que as forças já trabalham integradas ao longo do ano.

Lei Seca, Operação, Bafômetro, alcoolizado
Motociclista abordado durante a operação. Foto: Pedro Conforte

“Essa é a hora da gente intensificar as ações, principalmente neste período do ano. Nosso intuito é preservar vidas”, destacou.

O músico Paulo Guerra que conduzia uma motocicleta e foi abordado, aprovou a operação ao realizar o teste do bafômetro.

“Acho muito importante ações como essas, porque de fato elas salvam vidas. Sou abordado e fico muito satisfeito quando vejo as operações”, afirmou.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *