segunda, 30 de novembro de 2020

Pandemia adia convocação de novos guardas municipais em Maricá

Candidatos aprovados esperam curso de formação. Foto: Pedro Conforte

Os 470 candidatos aprovados no último concurso para Guarda Municipal de Maricá esperam a convocação para o curso de formação. Segundo o secretário de Ordem Pública e Gabinete Institucional, Tenente Coronel Júlio César Veras, uma reunião será realizada nesta quinta-feira (4) com o procurador geral do município, para que esses profissionais sejam convocados o quanto antes.

Em maio, por conta da pandemia da Covid-19 e das medidas sanitárias adotadas no município, a Prefeitura de Maricá, através da Comissão Organizadora dos Concursos Públicos, suspendeu o concurso da Guarda Municipal, que é vinculado à Secretaria de Ordem Pública e Gabinete Institucional.

Enquanto isso, os candidatos aprovados aguardam ansiosos pelo chamamento para realização do curso de formação.

“Passei em todas as fases, agora aguardo só a convocação para o curso de formação. Larguei o emprego, estou cheio de dívidas. Passar em um concurso público sempre foi um objetivo. Espero que essa convocação venha logo”, contou um aprovado que preferiu não se identificar.

Um grupo foi criado nas redes sociais pelos candidatos aprovados para que eles acompanhem o andamento do processo e troquem informações.

O Tenente Coronel Júlio César Veras informou que tem interesse na agilidade da convocação dos candidatos aprovados.

“Eu assessorei o prefeito Fabiano Horta, que se sensibilizou com o pleito e determinou que a comissão do concurso buscasse soluções jurídicas, objetivando enviar uma mensagem à Câmara de Vereadores. Temos convicção que teremos sucesso e muito em breve contaremos com os novos agentes somando esforços no combate ao coronavírus e nas inúmeras demandas existentes em nosso município. A cidade de Maricá merece”, disse.

Cobranças

Nesta quarta-feira (3), durante sessão da Câmara Municipal de Maricá, o vereador Fabiano Novaes (PSD), presidente da Comissão de Segurança, se comprometeu a procurar respostas sobre a convocação do curso.

“Estarei conversando com o secretário de Ordem Pública em relação à convocação dos concursados. Estamos em um período de pandemia, entendo que as pessoas que passaram neste concurso estejam ansiosas para contribuir com a nossa cidade, mas temos que avaliar a integridade e saúde de todos”, afirmou.

O vereador de oposição da câmara, Ricardinho Netuno (Patriotas), sugeriu que os aprovados realizassem o curso de formação diretamente na prática.

“Podemos preparar esse aprovados fazendo um estágio probatório nesse período de pandemia. Para que eles possam estar nas ruas trabalhando e auxiliando na segurança da nossa cidade”, concluiu.

A suspensão dos concursos segue as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e dos decretos municipais que proíbem aglomerações.

Concurso

O curso para ingressar na Guarda Municipal possui quatro etapas. A primeira foi a prova objetiva, que teve a aprovação de 860 candidatos. A segunda parte foi de aptidão física e teve 505 pessoas aprovadas. Já a terceira fase trata dos exames psicotécnicos médicos, enquanto a quarta é composta de investigação social. Por fim, os candidatos passam pela formação do curso.

Publicada às 13h52

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *