sábado, 19 de setembro de 2020

Plataforma se aproxima da Praia da Boa Viagem e assusta em Niterói

Embarcação ficou próxima à costa. Foto: Grupo Plantão Enfoco

Um navio-plataforma de grande porte se aproximou da costa da Praia de Boa Viagem, na altura da Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói, no fim da tarde desta quinta-feira (30), e assustou motoristas e pedestres. De acordo com informações preliminares, durante os fortes ventos que atingiram Niterói, correntes que prendiam a embarcação soltaram-se dos rebocadores e trouxeram a plataforma às proximidades da orla.

Em nota, a Petrobras confirmou o acidente. “Por conta do temporal e os fortes ventos que atingiram a região metropolitana do Rio de Janeiro, na noite desta quinta-feira (30), houve um deslocamento da P-70, durante o processo de ancoragem da plataforma para próximo da costa, em Niterói”, informou a estatal, que completou que não houve feridos.

No momento, o navio-plataforma já foi reconduzido à área onde ficará fundeada na Baía de Guanabara. “A Petrobras está apurando as causas da ocorrência”, finalizou a empresa.

De acordo com testemunhas, o navio chegou a colidir com pedras e ficou bem próximo à costa. Procurada, a Marinha ainda não informou se está ciente do caso.

Motoristas e pedestres que passavam pelo local se assustaram com a embarcação de grande porte. Muitos carros voltaram em direção oposta, por conta do congestionamento no local.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

6 thoughts on “Plataforma se aproxima da Praia da Boa Viagem e assusta em Niterói

  1. Para que?
    Ele vai levar a tecnologia de criar engarrafamentos como os de Niterói para o restante do estado?

  2. Excelente, a Petrobrás deveria ter a mesma política de SMS nas suas unidades que ela cobra das suas contratadas. O FPSO nem entrou em operação e já tem histórico de deriva durante sua estadia no fundeio da baía de Guanabara, acidente com mortes e cegueira através de contaminação por parte da tripulação. É aquele velho ditado “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço”.

  3. Poderiam ter republicado a nota oficial da Petrobrás no fim do texto. Queria ler.

  4. Sábado passado eu estive lá em Gragoatá com minha família e vi essa plataforma ainda falei com meu esposo q ele estava se movendo meu esposo ainda brincou dizendo eu estava vendo coisa e estava ventando foi no sábado isso e ontem acontece isso até eu sabia essa plataforma ficava parada e não se movia. Mas eu não entendi dessas coisas se move ou não mas que me deu medo deu.

  5. Há várias formas de ancoragem de plataformas em alto-mar para aquelas que vão prospectar ou explorar petróleo ou gás. No caso de Niterói, com certeza, por estar em zona abrigada de correntes marinhas de grande velocidade e falta de ventos constantes, houve descuido com quantidade de âncoras usadas. Subestimou-se até as previsões do tempo (e alguém da tripulação se lembraria disto?). Incúria! Algum dia vira à luz um relatório de inquérito, se houver?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *