sexta, 23 de outubro de 2020

Pontos turísticos são fechados em Niterói

Campo de São Bento será um dos locais fechados, de acordo com decreto do prefeito Rodrigo Neves. Foto: Arquivo/Plantão Enfoco

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT), anunciou o fechamento, por um período inicial de 20 dias, de pontos turísticos da cidade. Entre os locais que serão interditados estão o Museu de Arte Contemporânea (MAC), Campo de São Bento, Parque da Cidade, Parque das Águas, Centros de Atendimento aos Turistas (CATs) e Hortos do Fonseca e Barreto. A medida entra em vigor nesta terça-feira (17).

“São locais de grande circulação de pessoas. Vamos fechar para que seja feito o isolamento social e a contenção do vírus. São medidas muito importantes para evitar a ampliação dessa epidemia de maneira muito rápida e serão plenamente cumpridas na nossa cidade”, disse o chefe do Executivo, em vídeo publicado na página oficial da Prefeitura nas redes sociais.

Outras medidas também foram anunciadas pelo Prefeito, como o decreto de emergência pública na área da saúde, diante da possibilidade da confirmação de novos casos da doença. Além de a liberação de servidores municipais com idades acima de 60 anos para trabalho em caráter “home-office”. Atualmente, a Prefeitura tem 791 funcionários nessa situação.

“Temos algumas dezenas de casos em análise, então a partir de amanhã (terça-feira, 17) todos os servidores acima de 60 anos vão trabalhar em casa. Estamos liberando esses servidores de trabalhar de forma presencial na Prefeitura de Niterói”, declarou.

O prefeito ainda suspendeu o período de férias de profissionais da saúde, alegando a necessidade de somar às equipes no atendimento de infectados, e anunciou a suspensão de cirurgias eletivas e de prova de vida de aposentados e pensionistas. O decreto também dá diretrizes para o transporte público com conjunto de regras de higienização e limpeza de ônibus, táxis e carros de aplicativo em Niterói.

“Além das graves implicações na saúde, o novo coronavírus também terá impactos enormes na economia. Se o país tinha projeção de crescer 1,5%, vai crescer 0%. Mas assim como tivemos outras crises em Niterói como a crise fiscal do início do mandato e a da Segurança Pública, vamos sair mais fortes dessa situação, como saímos das demais. Teremos três meses de guerra”, prevê Rodrigo Neves.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

3 thoughts on “Pontos turísticos são fechados em Niterói

  1. A preocupação é imensa…principalmente pra gente que não tem um salário mensal… Como vai ser pra pagar as contas??? Temos que acatar as ordens dos nossos governantes pq tentar um controle agora é excencial para todos! Nos resta pedir humildemente a Deus para nos livrar dessa praga o mais rápido possível

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *