terça, 27 de outubro de 2020

Prédio desocupado no Centro de Niterói é reaberto para limpeza

Funcionários da prefeitura de Niterói reabriram o prédio. Foto: Plantão Enfoco

O edifício Nossa Senhora da Conceição, popularmente conhecido como ‘Prédio da Caixa’, na Avenida Amaral Peixoto, no centro de Niterói, foi reaberto para trabalho de limpeza nesta terça-feira (10). A autorização foi concedida pela Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Cidadania de Niterói ao Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ).

O local foi interditado em junho de 2019, em virtude das precárias condições de segurança e habitação. No início de fevereiro, uma reunião do MPRJ com órgãos municipais, Bombeiros, Polícia Militar, 76ª Delegacia de Polícia Civil, Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e com uma oficial de Justiça, decidiu que a higienização deveria ser realizada por funcionários da Companhia de Limpeza de Niterói (Clin) antes da vistoria oficial no prédio.

Moradores do edifício acompanharam a reabertura, mas informaram que ainda não têm previsão de data para buscar os pertences que estão dentro do imóvel.

“Tivemos uma reunião com o MP, nesta segunda-feira (9), das 14h as 16h. Diversas autoridades estavam presentes, entre elas a OAB-RJ e a comissão de Direitos Humanos da Câmara de Niterói. O que foi combinado é que seria iniciada a limpeza, mas ninguém poderia entrar até por conta de risco de contaminação. Estamos aguardando o cronograma que foi prometido”, contou Lindalva Borges, 62 anos, que mora no local há cinco anos.

De acordo com o MPRJ, os oficiais de Justiça elaborarão um calendário para que os moradores possam retirar os seus pertences. Em seguida, será realizada vistoria no imóvel pelos seguintes órgãos: Defesa Civil Municipal, Vigilância Sanitária Municipal, Enel e Águas de Niterói.

Investigação

As condições de segurança do edifício, localizado na Avenida Amaral Peixoto, 327, são objeto de investigação do MPRJ desde 2010, sendo que, em 2013, foi ajuizada a ação civil pública solicitando, entre outras ações, realização de vistoria por parte das autoridades para proteger a coletividade de riscos e a manutenção de fiscalização contínua para impedir o aparecimento de novas irregularidades.

Antes da desocupação, o prédio, composto por 11 andares e 394 apartamentos, apresentava grave situação de risco aos moradores por conta das péssimas condições das suas instalações, além de não possuir serviços de água e de luz, tendo sido este último fornecimento cortado devido ao risco de incêndio.

Em atualização…

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

2 thoughts on “Prédio desocupado no Centro de Niterói é reaberto para limpeza

  1. Eu também fui despejada e jogada na rua no dia 13,06,2019,pelo amor de Deus estou na casa de um vizinho onde a casa deles só tem um quarto , tenho que alugar um lugar para mim morar , que Deus abençoe todos vocês , Amém obrigado,

  2. Fui despejada por um homem que vem como candidato,ele antes de ser rico vivia Dentro de onde eu morava ,eu servia almoço para eles, dormia, convivia conosco, um dia me jogou na rua, Só entreguei para Deus, mente pra todo mundo para se passar por bom moço, meu marido tínha falecido aqui onde moro todas pessoas conhecia ele, é o meu sonho ter onde morar, obrigado por tudo Amém,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *