sexta, 27 de novembro de 2020

Prefeitura de Niterói volta atrás sobre regras de transporte por aplicativo

Encontro com representantes não contou com a presença do prefeito Rodrigo Neves. Foto: Patrícia Vivas

A Prefeitura de Niterói garantiu aos representantes das associações que representam motoristas de aplicativos de transporte individual que não irá regulamentar o decreto nº 12.977/2018, emitido pelo próprio prefeito Rodrigo Neves (PDT), sem que antes estude as reivindicações feitas por eles na manhã desta quarta-feira (3). A reunião não contou com a presença de Rodrigo, que foi representado pelo secretário Executivo, Axel Grael.
A informação foi passada pelo fundador do movimento “Ponta a Ponta”, Leandro Xavier.

O encontro foi realizado após cerca de 250 motoristas manifestarem em frente à sede da Prefeitura, no Centro. Também participaram do encontro o Secretário Municipal de Ordem Pública, Gilson Chagas e o Subsecretário Municipal de Transportes, Murilo Moreira.

Quatro reivindicações foram feitas pelos representantes: aumentar o tempo de fabricação do veículo exigida no decreto de 5 para 10 anos; suspender a exigência do emplacamento obrigatório no município de Niterói; implantação de um ponto de embarque de passageiros em pontos de grande concentração como shoppings e estação das barcas; e que o destino do passageiro possa ser mostrado no aplicativo antes do embarque do cliente.

“Eles garantiram que iriam estudar o caso e que entrariam em contato para que a regulamentação do decreto fosse adequada”, contou Leandro.

Segundo a Prefeitura de Niterói, atualmente mais de 3 mil carros de aplicativos de outras cidades e 2 mil carros de aplicativos de niteroienses circulam na cidade, frota que supera o número de táxis na cidade (2 mil). De acordo com a Prefeitura, a regulamentação é fundamental para a segurança do usuário e para evitar problemas ainda maiores no já pesado trânsito de veículos na cidade. 

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

2 thoughts on “Prefeitura de Niterói volta atrás sobre regras de transporte por aplicativo

  1. Bom dia! Tbm sou motorista App e fico impressionado com a “pesquisa” da prefeitura, que concluiu que os motoristas de App contribuem para o trânsito caótico de Niterói. Nós não ficamos no mesmo bairro ou na mesma cidade o tempo todo, estamos sempre nos movimentando de um lado para o outro. Muitas das vezes, trabalhar no trânsito de Niterói não é tão rentável, mas temos o compromisso de prestar o melhor serviço possível para nossos clientes. As vezes para não deixar-mos o cliente na mão, temos que fazer um trajeto de 900 metros em 15 min. devido ao trânsito. O problema dessas pesquisas é que nunca é informado sobre as ruas que viraram estacionamento em Icaraí, ruas com 3 faixas que só é usada 1, pois tem carros estacionados de um lado e do outro, os sinais sem sincronia. Sem falar dos ônibus que muitas das vezes ocupam duas faixas para pegaram ou desembarcarem os passageiros. Mas por ser mais fácil, a culpa sempre é do motorista de App. Enfim, isso é apenas uma observação de um motorista que não vê as “pesquisas” dessa forma mas vive todas essas questões no dia-a-dia. Um grande abraço a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *