sábado, 19 de setembro de 2020

Procon Niterói entra em funcionamento até abril

Roberto Nunes Teixeira vai comandar o Procon Niterói. Foto: Luciana Carneiro / Ascom Niterói

Produtos com defeito, atraso na entrega, propaganda enganosa entre outros problemas que os consumidores enfrentarem em Niterói passarão a ser fiscalizados pelo município.

A legislação que cria o órgão foi promulgada pelo prefeito Rodrigo Neves nesta quarta-feira (22). Até então, apenas o Procon Estadual fiscalizava os estabelecimentos na cidade. Mas Niterói não é vanguarda, outras cidades como Maricá e a Capital já criaram órgão próprio para fiscalização.

O ‘Procon de Niterói’ vai funcionar na Secretaria Municipal de Defesa dos Direitos do Consumidor, criada há dez anos. A pasta tem o advogado Roberto Nunes Teixeira como titular.

Para colocar o serviço nas ruas, a Prefeitura vai precisar abrir concurso público para contratar cinco fiscais. A base de remuneração será de R$ 2,2 mil reais para 30 horas semanais.

Por usar a estrutura da secretaria, a Prefeitura considera que o impacto financeiro será apenas em contratações, que representam um custo de R$ 170 mil aos cofres públicos. A Secretaria já contava com orçamento de R$ 330 mil para este ano.

O dinheiro arrecadado será destinado a um fundo para defesa dos direitos do consumidor. Esse fundo será gerenciado por um conselho com representantes da Prefeitura e de organizações civis. O prefeito Rodrigo Neves (PDT) vetou a participação da Câmara de Vereadores no conselho.

A lei informa que os recursos arrecadados com multas serão aplicados em projetos educacionais da Secretaria e na aquisição de materiais para a fiscalização.

As possíveis fraudes apuradas pelo Procon Niterói serão informadas ao Ministério Público, ao Procon Estadual, Vigilância Sanitária e outras autoridades competentes.

Unidade funcionará onde atualmente existe a Secretaria de Defesa do Consumidor. Foto: Reprodução Google StreetView

O Procon Niterói ainda não criou os canais de comunicação com a população. A previsão é de que o órgão comece a funcionar dentro de três meses.

Procurada, a Prefeitura não informou a previsão de lançamento do concurso público. A unidade do Procon ficará na Rua Luiz Leopoldo Fernandes Pinheiro, 481, Sobreloja, Centro de Niterói.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *