quinta, 22 de outubro de 2020

Programa promove o cuidado integral de crianças em SG

Atualmente o programa atende 74 famílias no município. (Foto: Divulgação/Prefeitura de São Gonçalo)

Apoiar e acompanhar o desenvolvimento infantil integral na primeira infância e facilitar o acesso da gestante e de suas famílias às políticas e aos serviços públicos de suas necessidades. Esse é o objetivo do Programa Criança Feliz, iniciativa do Governo Federal, que vem sendo desenvolvido em São Gonçalo desde novembro de 2018 através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.

O programa que hoje atende 74 famílias no município, consiste em visitas domiciliares de educadores sociais que buscam envolver ações de saúde, educação, assistência social, cultura e direitos humanos.

O serviço é voltado para gestantes, crianças de até três anos beneficiárias do Bolsa Família e suas famílias, além de crianças de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e suas famílias. 

Fortalecer o papel das famílias no cuidado, na proteção e na educação das crianças na primeira infância e desenvolver atividades lúdicas com os demais membros da família também são pontos que fazem parte da metodologia do Criança Feliz. 

“O programa proporciona o acesso e um olhar particularizado, além da compreensão das necessidades e da realidade de famílias e também de crianças com deficiência em situação de vulnerabilidade social. É uma parcela da população que precisa da nosso cuidado e assistência”, explicou Carla Seixas, coordenadora do Criança Feliz em São Gonçalo. 

Os usuários do programa são selecionados a partir de uma busca ativa realizada pelas equipes de visitadores em postos de saúde, escolas e centros de referências.

Quem quiser ter acesso ao serviço pode procurar o Centro de Referência mais próximo de sua residência. Para participar do programa é preciso que a família mantenha seus dados no Cadastro Único atualizados. 

A prefeitura conta com um comitê gestor composto por representantes das secretaria de Desenvolvimento Social, Educação, Saúde, Cultura, além do Conselho Municipal de Assistência Social e Conselho dos Direitos da Criança e Adolescente, que se reúnem mensalmente para reunião de fluxo do serviço, buscando oferecer mais qualidade no atendimento desses usuários.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *