quinta, 01 de outubro de 2020

Projeto Botinho é encerrado em Maricá

O encerramento do projeto contou com premiação para os participantes. Foto: Marcelo Tavares
O encerramento do projeto contou com premiação para os participantes. Foto: Marcelo Tavares

Crianças e adolescentes, com idades entre 7 e 17 anos participaram de mais uma edição do Projeto Botinho, realizado pelo Corpo de Bombeiros em parceria com o Sesc Rio. Foram 240 crianças que participaram das atividades encerradas nesta sexta-feira (31) na Praia de Itaipuaçu, em Maricá.

Durante as duas semanas do projeto alunos tiveram aulas de prevenção ao afogamento, regras de ordem unida, com atividades lúdicas nas praias da cidade. O projeto aconteceu por 15 dias e foi realizado de segunda a sexta-feira.

Mãe do Gabriel, Fabiana Capeleiro, auxiliou no projeto como ‘Sereia’, grupo de mães apoiadoras.

“Auxiliamos e incentivamos nossos filhos, aprendemos também como realizar o chamamento dos bombeiros para auxiliar no socorro, além de saber avaliar as condições do mar. Como mãe acho o projeto super importante, além de entreter as crianças ainda ensina” disse.

O tenente do Corpo de Bombeiros Carlos Nascimento, responsável pelo projeto em Itaipuaçu, contou que o projeto visa a prevenção a acidentes marítimos.

“Prevenção para diminuir o número de afogamentos, noções de meios ambiente, solidariedade, companheirismo, disciplina são ensinados durante as aulas. Ensinamos também a metodologia do Corpo de Bombeiros , que saber identificar as cores das bandeiras para que todos tenham um banho de mar com lazer, seguro procurando sempre orientações do guarda vida”, completou.

Turmas

Os alunos inscritos foram divididos em três turmas: Golfinho (crianças de 7 a 10 anos), Moby Dick (11 a 14 anos) e Tubarão (15 a 17 anos).

O término do projeto contou com entrega de diplomas, medalhas, sorteio de brindes, como bicicleta, rodízios, entre outros. Além de lanche para todos os alunos e voluntários do Projeto Botinho.

Projeto

O projeto Botinho acontece desde 1963. O objetivo é estimular a cultura de prevenção a acidentes marítimos por meio de atividades lúdicas e orientadas. A garotada recebe noções de preservação do meio ambiente, orientações sobre as condições do mar, sobre primeiros socorros e dicas para evitar afogamentos.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *