sexta, 23 de abril de 2021

Protesto contra restrições impostas pela Prefeitura de Niterói

Lojistas e comerciantes se uniram no Centro de Niterói para protestar contra restrições impostas pela prefeitura. Foto: Reprodução de vídeo

Comerciantes e lojitas de Niterói fizeram no fim da tarde desta quinta-feira (8) um protesto na Rua Marquês do Paraná, na Região Central de Niterói. Os manifestantes reivindicam a reabertura do setor que não foi considerada essencial na cidade. O grupo com cerca de 50 pessoas caminhou até a Câmara Municipal, na Avenida Ernani do Amaral Peixoto, no Centro. 

Com faixas, cartazes e um com carro de som, os lojistas afirmavam que todo trabalho é essencial. 

Swellen Flavia Silva, proprietária de uma banca de jornal, uma das organizadoras da mobilização, acusa da gestão municipal de desigualdade. 

“Como nós, outros tantos pequenos comércios estão quebrando e não vão retomar” 

A comerciante afirma ainda não ser contra as restrições, mas que os pequenos comerciantes estão sofrendo. 

“Somos trabalhadores que mantém a economia funcionando e queremos trabalhar. Caso essas medidas sejam novamente prorrogadas, iremos marcar um novo ato”

Nesta quarta-feira (7),  o presidente do Sindicato de Lojistas de Niterói (Sindlojas), Charbel Tauil, que ‘o efeito será devastador, com no mínimo 80% dos estabelecimentos comerciais do município sofrendo graves prejuízos, muito piores do que em 2020‘.

Pelo novo decreto que vai até o dia 11, permanecem proibidas a permanência de pessoas nas ruas das 23h às 5h, assim como a continuidade do fechamento do comércio em geral.  

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');