segunda, 30 de novembro de 2020

Reforço na sinalização da trilha entre São Francisco e Cafubá

Nova sinalização da trilha. Foto: Ascom Niterói

Uma das principais trilhas de Niterói, a Travessia Tupinambá, que integra a Rota de Darwin, recebeu neste domingo (18), um reforço na sinalização. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade remarcou um trecho de 4,6 quilômetros entre São Francisco e Cafubá, no Parque da Cidade, durante a atividade nacional “Um dia no Parque”.

Niterói tem hoje sete unidades de conservação e no próximo dia 26 realiza audiência pública para a criação de uma nova área no Baldeador.

“Niterói é uma cidade que vem se destacando na preservação e cuidados com o meio ambiente. Estamos sempre buscando alternativas e envolvidos nos trabalhos pelo bem de nossos espaços e ecossistema, com políticas ambientais sérias que protejam nossa fauna e flora”, explica o secretário municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade, Eurico Toledo.

Esse ano o evento foi realizado por 155 unidades de conservação do País em comemoração aos 20 anos do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC). A atividade, que acontece desde 2018 e está na 3ª edição, é a maior ação de mobilização e engajamento pelas Unidades de Conservação.

“Esse ano a ação Um Dia no Parque foi diferente devido a pandemia. Nós não estimulamos atividades presenciais com muitas pessoas, respeitando as restrições sanitárias. A Rede Brasileira de Trilhas, da qual a Rota Darwin e o Parque Natural Municipal de Niterói fazem parte, foi parceira oficial da campanha. Nós organizamos ações de sinalização, manejo, e limpeza de trilhas em mais de 40 áreas em todo o Brasil. Para nós foi uma grande alegria contar com a participação da equipe da SMARHS de Niterói. Nós acreditamos que ações desse tipo são fundamentais para aproximar a sociedade das nossas áreas explicou”, Felipe Zanusso, diretor da Rede Brasileira de Trilhas.

Novo parque

A audiência pública para a criação do Parque Natural Municipal Floresta do Baldeador, com uma área de 70 hectares, próximo ao Morro do Castro, será realizada no próximo dia 26, de forma on-line e presencial. No site da Secretaria podem ser encontrados o estudo técnico e o link de transmissão da consulta. A consulta presencial ocorrerá na Escola Municipal João Brazil (Estrada Bento Pestanas, Baldeador), às 10h.

A Secretaria de Meio Ambiente destaca que a criação do parque, além de ser um instrumento de mitigação dos conflitos existentes, é uma ferramenta capaz de potencializar os mais diversos atributos ambientais e turísticos que esta área apresenta, promovendo o surgimento de um novo ponto de visitação e oferecendo, principalmente para os moradores da Região Norte, uma alternativa de lazer e recreação.

Dentre as oportunidades, podem ser destacadas: o estímulo à prática de trilhas em associação à preservação do entorno; o fomento de pesquisas científicas e educação ambiental; ampliação de corredores verdes que conectem os fragmentos florestais do Morro do Castro com a APA do Engenho Pequeno no município de São Gonçalo, além de contemplação da natureza.

A criação do Parque tem ainda o objetivo de proteger o importante patrimônio natural do município e contribuirá na ampliação da cobertura vegetal através de projetos de reflorestamento. Outro fator positivo baseia-se na possibilidade de expansão de oportunidades de geração de empregos para a população residente do entorno da unidade de conservação.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *