segunda, 17 de maio de 2021

Rio não interrompe vacinação contra Covid-19 nos feriados

vacinação, coronavac, covid-19, vacina
Foto: Arquivo8/itor Soares

A vacinação contra a covid-19 vai continuar sem interrupção esta semana no município do Rio, mesmo com os feriados de Tiradentes, nesta quarta-feira (21), e de São Jorge, na sexta-feira (23). Esses feriados foram antecipados para compor o período da parada emergencial, que ocorreu entre 26 de março e 4 de abril, como uma das medidas restritivas de combate à evolução da doença na cidade

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que os centros municipais de saúde e as clínicas da família funcionarão das 8h às 17h, exclusivamente para a vacinação contra a covid-19, obedecendo ao calendário divulgado no link. Essas unidades vão fazer também o atendimento a casos suspeitos da doença. Ontem (20), a SMS inaugurou mais um ponto de imunização, dessa vez na quadra da Portela, em Madureira, na zona norte do Rio. A unidade ficará aberta de segunda a sexta, entre 8h e 17h.

Conforme o calendário da secretaria, nesta quarta (21) a vacinação é para homens e mulheres de 61 anos e profissionais de saúde com 47 anos. A semana vai terminar com a imunização, no sábado (24), para pessoas com 60 anos ou mais, completando a faixa de idosos. Já para os profissionais de saúde, o sábado foi destinado à repescagem com a vacinação de quem tem 45 anos ou mais. Na semana que vem, o calendário para os trabalhadores da saúde continua na segunda-feira (26) para os que têm 44 anos e termina no sábado (30) para a faixa de 40 anos.

Para a vacinação, os profissionais de saúde precisam levar documento original com foto e comprovante dos conselhos de classe. “Trabalhadores lotados em hospitais e unidades de urgência e emergência ou que trabalham na campanha de vacinação deverão se vacinar nas unidades em que atuam, ao longo do mês de abril”, orientou a secretaria.

Nos feriados desta quarta e de sexta-feira também vão funcionar as unidades 24 horas da rede municipal de saúde, que são as UPAs, hospitais e centros de emergência regional (CERs).

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');