sábado, 31 de outubro de 2020

Risco de rolamento de pedra no Maceió em Niterói

Moradores do bairro Maceió, em Niterói, estão preocupados com o risco de deslizamento de uma pedra sobre imóveis na Rua Fernando Costa Machado. De acordo com a população, a Defesa Civil do município já foi até o local e interditou algumas residências, mas eles alegam não ter para onde ir.

Moradores receberam um documento da Defesa Civil orientando a saída do local. Foto: Ibici Silva.

A cuidadora de idosos, Michele Oliveira, moradora de uma das casas em risco, contou que precisou sair da residência para morar na casa do ex-marido com medo de um tragédia acontecer.

“A Defesa Civil já veio aqui e pediu para gente procurar um lugar mais seguro, disseram que não tem nem dia e nem hora para a pedra deslizar, mas sabem que uma hora vai rolar. Pediram para gente sair, embora não possam nos obrigar. Deram um papel para gente dar entrada no aluguel social e no programa ‘Minha Casa Minha Vida’ e enquanto isso a gente se vira como pode”, contou a cuidadora de idosos.

Ela contou ainda, que funcionários da Defesa Civil informaram que blocos das pedras podem cair a qualquer momento, mesmo sem a ocorrência de fortes chuvas.

Moradores temem que deslizamento ocorra a qualquer momento. Foto: Ibici Silva.

Eduardo Silva, que também morava em uma das casas localizadas abaixo da pedra, revela que teve que mudar para a casa do sogro, já que sua esposa teve bebê recentemente e eles não sabem o que pode acontecer.

“A Defesa Civil ficou de trazer um drone para verificar melhor os riscos de deslizamento da pedra, mas já faz um mês mais ou menos e até agora não voltaram. A gente fica com medo, tem muitos vizinhos que não tem para onde ir e estão morando lá ainda”, desabafa.

De acordo com a Prefeitura de Niterói, a Defesa Civil já realizou vistoria no local e encaminhará relatório para a Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento (Emusa) para análise técnica sobre obras na região, porém não divulgou a data para a vistoria e se as famílias em risco estão recebendo assistência do Executivo.

Obras

Na última quarta-feira (17), 56 áreas entraram para a lista considerada de ‘risco muito alto’, a mais alta na escala divulgada pelo relatório da Defesa Civil.

O levantamento apontou que 1534 famílias vivem em situação de risco. O relatório foi apresentado pelo secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag), Axel Grael.

Maceió é um dos bairros que receberá obras de contenção na Rua M, na localidade conhecida como Morro da Viração, mas a região em que vivem as famílias na Rua Fernando Costa Machado não consta entre áreas para receber obras imediatas.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *