terça, 20 de outubro de 2020

Risco de tragédia no Sapê

Parte do muro já desabou no entorno do condomínio. (Foto: Via Grupo Plantão Enfoco)

O muro de contenção construído no entorno do condomínio Poço Largo, no Sapê, na Região de Pendotiba, em Niterói – empreendimento do Minha Casa Minha Vida, financiado pela Caixa Econômica Federal – voltou a preocupar moradores que residem próximos ao empreendimento. A ameaça de um novo desabamento é a segunda em um espaço de tempo de apenas quatro meses, conforme denúncias de moradores da região. No local, está prevista a chegada de 280 famílias, em uma data ainda não definida.

De acordo com os moradores, o primeiro deslizamento do muro ocorreu em dezembro do ano passado. Na época, conforme asseguram os habitantes da localidade, além de parte do paredão de concreto cair, duas pedras rolaram do alto da encosta – atingindo o quintal de duas residências abaixo do terreno.

Eles afirmam que após o episódio, agentes da Defesa Civil municipal fizeram a interdição e uma obra de reparo no trecho da área que despencou foi realizada – porém, ameaça cair novamente, após as chuvas da última semana.

“Isso aqui é uma tragédia anunciada. Deus queira que não”, conta um morador, que não quis se identificar.

Pelo menos dez famílias que moram na parte inferior do conjunto habitacional, sofrem diariamente com a hipótese do muro e até mesmo dos prédios desabarem em suas casas.

As maiores preocupações são de que após a construção dos condomínios, quantidades consideráveis de lama são formadas do alto barranco, atingindo quintais de quem mora abaixo com frequência.

Com as fortes chuvas, que deixou a Região Metropolitana em estágio de atenção, o quadro se agravou ainda mais.

Devido às condições alarmantes, moradores da localidade se dizem esquecidos pelo poder público.

“Nos sentimos como um lixo jogado, morando aqui. Os engenheiros da obra e fiscais dizem que o prédio não vai cair, que o muro e o prédio não irão cair. Até quando? Temos que esperar uma tragédia acontecer? É muito ruim viver nesta situação”, contou um outro morador que optou pelo anonimato.

Questionada sobre a situação do local, a Defesa Civil de Niterói informou que já fez uma vistoria nas obras do empreendimento Poço Largo há cerca de um mês e esclareceu que por conta das fortes chuvas dos últimos dias, uma nova vistoria será realizada, a pedido da Secretaria Municipal de Habitação, mas não informou prazos.

Caixa confirmou que após vistoria acionou a construtora do empreendimento.
(Foto: Via Grupo Plantão Enfoco)

De acordo com o secretário de Defesa Civil, tenente-coronel Walace Medeiros, o local segue interditado. Ele esclarece que o órgão está ciente da situação e segue acompanhando o processo com os relatórios já realizados.

Ainda de acordo com o tenente-coronel, a Prefeitura de Niterói almeja que o empreendimento seja entregue, o mais rápido possível, dentro dos maiores padrões de segurança.

A Caixa Econômica Federal, responsável pelo financiamento da construção, informou que o empreendimento está em fase de obras e ainda não foi entregue aos beneficiários. Também não há uma data prevista para a conclusão e não mencionou as denúncias envolvendo riscos estruturais.

Apesar de não fornecer detalhes sobre as irregularidades encontradas na área, a Caixa declarou que após vistoria no empreendimento acionou a construtora para que a mesma tome providências necessárias para garantir a segurança dos moradores do entorno, enquanto seguem as obras do muro de contenção e no restante do condomínio.

Procurada, a construtora JC Cordeiro Engenharia e Construções LTDA responsável pelas obras não foi encontrada.

Estudo

Um novo estudo sobre proteção de encostas em Niterói será apresentado nesta quarta-feira (17) pelo prefeito Rodrigo Neves e o secretário municipal de Defesa Civil, tenente-coronel Walace Medeiros, no Solar do Jambeiro, no bairro Ingá.

No início deste ano, a Prefeitura de Niterói divulgou editais para obras de contenção que serão realizadas em 57 pontos considerados prioritários, indicados pelos laudos da Defesa Civil e hierarquizados pelo mapeamento de risco contratado pelo município.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

6 thoughts on “Risco de tragédia no Sapê

  1. Eu sou uma das pessoas, beneficiada, da minha casa minha vida, Poço Largo.
    Sou do bloco b 501 , preciso do apto, estou na casa da minha filhs, em Inoã.
    Porque não libera os que estão sem riscos?estamos dependendo desses apto , desde a tragédia do bumba.

  2. Aqui no Zilda Arns não é diferente!
    Prédios com rachaduras, infiltrações etc.
    O governo municipal diz que o responsável e a caixa faz vistorias e não resolve nada.
    E nós ficamos a mercê do perigo é medo vendo estas reportagens nos jornais e na TV.
    Medo constante.
    Tragédia anunciada aqui também.

  3. Moro embaixo e estou muito aflita pq foi um trabalho muito mau feito na minha opinião fizeram muito rente e outra nunca tivemos risco nenhum moradores q estão aqui a mais de 20 anos pode confirmar agora por causa dr uma negligência estamos sujeitos a sofrer o q é mais temido muito triste pq a gente n sabe oq nos espera mas ninguém liga ate pq se fosse eles q estivessem morando aqui n teriam feito uma obra assim ..

  4. Concordo com moradores, aquilo ali é trabalho porco e perigoso, além dos riscos q famílias correm, não foi feito o asfalto na rua toda como falaram, fizeram um asfalto só na parte do condomínio e qdo chove a parte q está com barro e não foi asfaltada fica deslizando os carros, com risco de cair no abismo na curva. Isso vai ficar assim ou vamos continuar sendo enganados até q aconteça algo mais sério? vao asfaltar a rua onde é barro ou esperar cair um carro ali com família tbm? Isso é uma vergonha prefeito!!! Essa construção foi feita apenas para calar a boca das pessoas q perderam suas casas, agora vão arriscar suas vidas!!! Falo mesmo pq não respeitam Deus mto menos os filhos de Deus!!!

  5. Eu sou uma ganhadora de um dos apartamentos estiver lá e ficou ótimo só está faltando as chaves pois está atrasado desde de 2018.uma pergunta que faço oas Senhores .pois se está pronto .oque falta pra entregar.sao famílias que estão esperando.que Natal. Se possivel me retornar com a resposta eu agradeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *