sexta, 22 de janeiro de 2021

Rota da boêmia no Barreto em Niterói vai ficar de cara nova

O polo abrange todo o entorno da Praça Doutor Flávio Palmier da Veiga. Foto: Marcelo Tavares

O Polo Gastronômico do Barreto, na Zona Norte de Niterói, que reúne bares, restaurantes e food trucks vai passar por modificações. Isso porque a Prefeitura de Niterói foi autorizada a licenciar a instalação e o funcionamento, segundo a lei (nº 3554), sancionada pelo prefeito Rodrigo Neves (PDT) e publicada nesta quinta-feira (26) no Diário Oficial. De acordo com a regulamentação, poderão ser legalizados no local atividades comerciais em trailers, caminhões de alimentação e similares.

A iniciativa pela regularização é de autoria conjunta dos vereadores Paulo Bagueira (Solidariedade) e Paulo Eduardo Gomes (Psol). Publicada em janeiro, uma outra lei (nº 3467/2020) já assegurava a criação do polo, que fica na esquina das ruas Doutor Luiz Palmier com Guimarães Junior (abrangendo todo o entorno da Praça Doutor Flávio Palmier da Veiga), no Barreto.

“O Polo Gastronômico é composto por tradicionais comerciantes da região e de proprietários de trailers e food trucks. São vendedores de caldos, hambúrgueres, cachorro-quente, água de coco, churrasquinho e outros produtos artesanais que passam a ter a garantia do poder público para o funcionamento, estabelecendo regras com direitos e deveres”

Paulo Bagueira, vereador e vice-prefeito eleito

Mesmo com o desempenho do Legislativo em promover a regularização do espaço, de acordo com o líder da bancada do Psol, e co-autor da proposta, o vereador Paulo Eduardo Gomes, a nova legislação tem o intuito maior de encerrar qualquer dúvida acerca do licenciamento das atividades. Segundo o parlamentar, apesar da previsão no Código de Posturas, ainda havia uma interpretação equivocada sobre as licenças.

Paulo Eduardo Gomes - rede social

“Desde janeiro a Câmara incluiu o entorno da Praça Dr. Flávio Palmier da Veiga, no Barreto, entre os locais de especial interesse turístico, cultural ou gastronômico da cidade. A zona norte da cidade precisa e merece ter um Polo Gastronômico. Cabe ao governo agora identificar as demandas, receber as propostas da sociedade e regularizar de uma vez por todas, de forma transparente, as atividades culturais e gastronômicas naquela região”

Paulo Eduardo Gomes, vereador reeleito

Trabalhando há mais dez anos no espaço, o vendedor de verduras autônomo Lucas Rocha considera a regulamentação municipal um ponto positivo para atrair ainda mais a clientela para a região. O período de pandemia do novo coronavírus, segundo o trabalhador, prejudicou muito as vendas.

“É bom para os vendedores e para os moradores. Na pandemia, as vendas diminuíram, mas agora está indo aos poucos. É importante ter esse reconhecimento porque um chama o outro”, avaliou.

Questionada, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico informou que já realizou pesquisa de mercado na região para avaliar as necessidades e basear um futuro planejamento que apoie os empreendedores. Segundo a Prefeitura, o objetivo é transformar a região e alavancar novos negócios para movimentar a economia do bairro, gerando emprego e renda.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

2 thoughts on “Rota da boêmia no Barreto em Niterói vai ficar de cara nova

  1. Gostaria que os quiosques da praça do Barreto recebece o mesmo tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *