segunda, 30 de novembro de 2020

Saiba o que vai funcionar no Parque Rural de Niterói

Espaço com 10 mil metros quadrados no Engenho do Mato foi entregue à população nesta terça-feira, preservando as características rurais do bairro. Foto: Douglas Macedo – Ascom Niterói

Um projeto de equoterapia social com aulas gratuitas, cursos técnicos em diferentes áreas, incentivo a prática esportiva e eventos culturais são algumas das atividades que acontecerão no Parque Rural de Niterói.

O novo espaço, que foi construído em uma área de aproximadamente 10 mil metros quadrados no Engenho do Mato e conta com a maior pista coberta para atividades equestres do Estado do Rio de Janeiro, foi entregue pelo prefeito Rodrigo Neves, nesta terça-feira (27).      

O prefeito enfatizou que o objetivo com a construção do Parque é incentivar a vocação rural do bairro, estimular novos negócios e investimentos, além de gerar emprego e renda.

“Assim como o túnel Charitas-Cafubá, o projeto do Parque Rural era esperado há décadas pelos moradores do bairro. Este é mais um importante projeto que a gente tirou do papel. O Parque vai incentivar o turismo na região, além de desenvolver o setor da gastronomia, as pousadas, gerando oportunidades. Mais que um equipamento, o Parque é uma âncora para o desenvolvimento sustentável para a Região Oceânica e para o bairro”, ressaltou.

Rodrigo Neves lembrou, ainda, que o Engenho do Mato também receberá obras de urbanização, drenagem e pavimentação, assim como está acontecendo no Maravista, Serra Grande, Santo Antônio e Maralegre.

“Este projeto foi adequado para o bairro, preservando suas características rurais. As ruas receberão as galerias e rede de drenagem, e a Estrada São Sebastião, uma das principais do Engenho do Mato, não receberá asfalto, terá sua pavimentação com piso intertravado. A concorrência pública está em avaliação no Tribunal de Contas do Estado”, disse.

A presidente da Associação de Moradores do Engenho do Mato e coordenadora geral do Parque, Simone Siqueira, lembrou que a elaboração do projeto contou com a participação dos moradores e também dos criadores de cavalo da região. Para isso, foi desenvolvido um grupo de trabalho que dialogou com os técnicos da Prefeitura de Niterói sobre as demandas para a implantação do novo espaço.

A área do Parque vai abrigar atividades culturais, esportivas, sociais, de meio ambiente e educação. A estrutura conta com quadra poliesportiva, academia para terceira idade, cantina, auditório, brinquedos, escritórios, além de um espaço destinado à sede do Clube do Cavalo. O investimento do Município no projeto foi de R$5,7 milhões.

“Para as atividades no Parque, que será administrado por uma Organização Social, teremos parcerias com a Embrapa, com a Universidade Federal Fluminense, entre outras. Um dos primeiros cursos, por exemplo, será o de auxiliar de veterinário. Teremos também a visitação de escolas para aulas de educação ambiental no Caminho de Darwin e muito mais. Estamos nos organizando por conta do período de pandemia e, assim que possível, teremos uma programação fechada”, contou Simone Siqueira.

Carlos Lamparão, coordenador dos haras da região, integrante do Clube de Cavalo e morador do bairro, destacou a importância do projeto.

“Este é um sonho antigo que estamos conseguindo realizar. Esta iniciativa será muito importante para os moradores do bairro, criadores de cavalo e haras da região. Será fundamental podermos preservar esta característica rural do Engenho do Mato, que agora terá uma grande referência com a abertura do Parque”, disse.

Moradora do Engenho do Mato há quatro anos, Lívia Almeida, 20, é mãe do pequeno João Vitor, 4, que frequenta as aulas de equoterapia ministradas por um dos haras da região, e não escondia a satisfação com a abertura do novo espaço.

“Meu filho tem encefalopatia e desde que começou com a equoterapia tem tido muitos progressos, inclusive na questão do equilíbrio. Este espaço, com certeza, é muito importante e trará muitos benefícios para todos. Sem dúvida, é uma grande conquista”, pontuou.  

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *