quinta, 21 de janeiro de 2021

São Gonçalo ganha sala lilás para atender vítimas de violência

O local é equipado para fazer exames periciais e possui uma equipe multidisciplinar. Foto: Ascom/PMSG

Criado para prestar atendimento especializado e humanizado às mulheres, crianças e adolescentes vítimas de violência física e sexual, o prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, a juíza Juliana Cardoso, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, o diretor do Posto Regional da Polícia Técnica, em Tribobó, Tomilis Ribeiro, o secretário de Desenvolvimento Social de Itaboraí, Estevan Assis, entre outras autoridades, inauguraram na manhã desta quinta-feira a Sala Lilás junto ao Posto da Polícia Técnica.

A secretária de Políticas para Mulheres, Idosos e Pessoas com Deficiência de São Gonçalo, Martha Maria Figueiredo, lembrou que a região precisava muito do núcleo de atendimento.

“Quero agradecer a todos que foram sensíveis à causa e nos deram apoio na construção deste equipamento que irá atender com respeito e humanização as pessoas vítimas de violência”, disse.

O local é equipado para fazer exames periciais e possui uma equipe multidisciplinar composta por Médicos Legistas, Psicólogas, Assistentes Sociais e Enfermeiras para realizar os atendimentos especializados.

O ambiente é mais acolhedor e aconchegante e a integração dos serviços ajuda as vítimas a se sentirem mais à vontade para relatar e falar sobre a violência sofrida nesse momento de extrema fragilidade física e emocional.

O prefeito José Luiz Nanci destacou o equipamento público como de suma importância para um atendimento mais digno e humanizado às pessoas.

“Como médico, tinha a obrigação de apoiar e garantir o espaço de atendimento, que terá profissionais capacitados para atender todas as demandas da região com todo carinho e respeito às vitimas desse crime bárbaro”, afirma.

A equipe multidisciplinar passou por um período de capacitação pelo Tribunal de Justiça e pela Rede de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres do Município de São Gonçalo. Todas as mulheres, crianças e adolescentes atendidas são encaminhadas de acordo com a sua demanda, para a Rede de Atendimento do seu município (São Gonçalo, Itaboraí e Tanguá).

A Sala Lilás de São Gonçalo teve o início dos atendimentos em setembro de 2020, com atendimento de segunda a domingo das 8h às 17h, tendo realizado até a data de hoje 235 atendimentos.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *