sexta, 30 de outubro de 2020

São Gonçalo tem 12 novas mortes por Covid-19

Em relação aos infectados, a cidade já atinge os 1.471 casos, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Foto: Ascom SG

São Gonçalo registrou mais 12 óbitos em decorrência do novo Coronavírus (Covid-19), nesta sexta-feira (29), chegando a 171 no total. Em relação ao número de infectados pela Covid-19, o município já contabiliza 1.471 casos confirmados, sendo 22 diagnósticos a mais do que na quinta (28), quando foi divulgado o último boletim epidemiológico.

Desse total, 224 pacientes foram curados. Isso mostra que foram 11 novas recuperações quando comparado ao balanço anterior. Apesar disso, o número de infectados pode ser ainda maior, pois a Prefeitura investiga ainda 8.014 casos suspeitos. Outros 642 casos já foram descartados, de acordo com a mais recente divulgação do painel coronavírus.

Perfis das novas vítimas fatais:

  • Feminino, 84 anos, Boa Vista;
  • Feminino, 82 anos, Nova Grécia;
  • Masculino, 80 anos, Gradim;
  • Masculino, 79 anos, Sacramento;
  • Masculino, 73 anos, Bom Retiro;
  • Feminino, 72 anos, Tribobó;
  • Masculino, 72 anos, Colubandê;
  • Masculino, 68 anos, Mutuapira;
  • Feminino, 66 anos, Boa Vista;
  • Masculino, 55 anos, Jóquei;
  • Feminino, 50 anos, Vista Alegre.
  • Masculino, 41 anos, Vila Três;

Sanitização

Pensando na saúde e proteção dos gonçalenses, a equipe da Vigilância em Saúde Ambiental realizou, nesta sexta-feira (29), a sanitização do Hospital Franciscano em Lagoinha, dos Polos Sanitários de Rio do Ouro e Jorge Teixeira de Lima, em Jardim Catarina, além da Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo a Prefeitura, a ação contou com agentes de Controle de Endemias utilizando o costal com quaternário de amônia de 5ª geração diluído em glicerina vegetal. A ação visa conter a propagação do novo Coronavírus.

Ao longo desta semana, a equipe também sanitizou outras Unidades de Saúde como o Posto de Atendimento Médico (PAM) Neves, as Unidades de Saúde da Família (USF) Flávio Henrique Brito no bairro Jóquei, Ana Nery no Gradim e a USF Zé Garoto. Também foram atendidos os Polos Sanitários Hélio Cruz, em Alcântara, Paulo Marcos Rangel, no Porto do Rosa, e Washington Luiz, no bairro Zé Garoto.

“A sanitização é extremamente importante para conter a doença no município. O quaternário tem a função desinfetante contra fungos, bactérias e vírus. A aplicação deste produto visa romper a cápsula do vírus e eliminar estes seres do ambiente”, explica o prefeito José Luiz Nanci.

Segundo o supervisor do Departamento de Vigilância Ambiental, Renato Rangel, o produto utilizado na sanitização elimina 100% do vírus, deixando o local seguro, já que ali é uma área de passagem.

Para garantir a segurança dos funcionários que trabalham na linha de frente, os profissionais foram capacitados e estavam protegidos com todos os equipamentos de proteção individual (EPIs). Antes de serem adaptados para o uso contra o Coronavírus, os equipamentos passaram por um processo de tríplice lavagem, seguindo a norma técnica NBR 13968 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Dois meses do Centro de Referência

Inaugurado há dois meses, o novo Centro de Referência e Testagem Gonçalense para pacientes portadores de doenças crônicas transmissíveis, na Parada 40, realiza acolhimento de 2500 pacientes soropositivos em tratamento utilizando o coquetel antirretroviral. A unidade é responsável por realizar testagem rápida para sífilis, HIV e hepatites virais.

Em média, semanalmente, São Gonçalo realiza mais de 300 atendimentos de testagem rápida, acolhendo moradores do município e regiões vizinhas como Maricá, Itaboraí e Niterói. São Gonçalo é uma das únicas cidades do Estado que realiza o atendimento em demanda espontânea, sem restrição aos demais municípios, e seguindo a recomendação do Ministério da Saúde, cada caso positivo é notificado.

De acordo com levantamento do Serviço de Atendimento Especializado (SAE), a maior incidência de casos de HIV é de jovens entre 15 e 29 anos, com uma média de 13 a 17 casos por semana.

Em 2019, a Secretaria de Saúde de São Gonçalo, através do programa Municipal de Ist/Aids, aumentou o número do Serviço de Atendimento Especializado (SAE). Hoje, São Gonçalo possui três pontos do programa com testagem rápida e tratamento para o HIV (Centro de Referência, Polo Sanitário Hélio Cruz e Clínica Municipal Dr. Zerbini), com infectologistas e enfermeiros, além de também aumentar o número de Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA).

Em outubro do último ano, São Gonçalo foi o primeiro município do Estado do Rio de Janeiro a receber o equipamento de carga viral rápida para HIV e hepatite C. Encaminhado pelo Ministério da Saúde, o aparelho possui uma técnica de alta sensibilidade que detecta e quantifica a carga viral, ou seja, o material genético do vírus, e baseado nesse resultado é que o médico infectologista avaliará se o paciente está respondendo ao tratamento. Com a nova aquisição, os resultados que antes levavam 15 ou 20 dias, serão obtidos no mesmo dia do exame.

“Acreditar que a Atenção Primária à Saúde é o princípio de toda organização da Rede de Assistência do município, nos promoveu o entendimento que deveríamos agregar todos os conhecimentos e parcerias para produzirmos uma saúde de qualidade à nossa população. Toda essa preocupação foi observada pelo Ministério da Saúde e o Estado do Rio de Janeiro, que sensíveis a todo nosso trabalho e o volume de munícipes que seriam beneficiados com o equipamento, nos fez ser o primeiro município do Estado do Rio de Janeiro a receber o equipamento de carga viral rápida. Agradeço ao prefeito José Luiz Nanci, a chefe de Gabinete Eliane Gabriel, Ministério da Saúde e ao Estado por investirem conosco na saúde de nossa população e no treinamento de nossas equipes, entendendo que o desfecho será sempre uma qualidade de vida sustentável para a sociedade”

disse a subsecretária de Atenção Básica, Maria Auxiliadora.

O Centro de Referência e Testagem Gonçalense tem como sede a Rua Dr. Francisco Portela (n° 2421), no bairro Parada 40, em São Gonçalo, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Publicado às 18h37.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *