segunda, 19 de outubro de 2020

São José do Imbassaí recebe obras para evitar enchentes

Equipes trabalham em vários pontos. Foto: Ascom Maricá

A região de São José de Imbassaí recebeu ações da Prefeitura de Maricá em pontos diferentes nesta terça-feira (03), quando a chuva deu uma trégua na cidade. a principal delas foi realizada na Rua 31 de março, onde um grande acúmulo de água preocupava os moradores desde o último domingo (1º).

Foram colocadas bombas de sucção no local para retirar o acúmulo, além de máquinas abrirem uma pequena vala lateral para ajudar no escoamento. Perto dali, outra equipe está dando início à intervenção planejada para solucionar a questão histórica das enchentes nesta e em ruas próximas, que são áreas de baixio, que concentram a água das chuvas. 

Manilhas de um metro de diâmetro começam a ser instaladas na Rua Doze de Julho para captar a água que vem da 31 de março e também das ruas Santa Cecília e 15 de Agosto, escoando para um córrego próximo ao chamado campo do Dínamo. A região passou por um estudo para a elaboração do projeto, cuja execução já seria iniciada nos últimos dias, a despeito da nova ocorrência de chuvas fortes na cidade. 

De acordo com a autarquia de Serviços de Obras de Maricá (Somar), a obra deve ficar pronta em até três meses. “Vai ser um alívio para nós aqui”, acredita a aposentada Margarida Ramos, que mora na Rua 31 de Março há cerca de 20 anos e tinha dificuldade para retirar a água de seu quintal, até que a máquina que trabalhava na rua retirou parte da terra junto ao muro e ajudou a baixar o acúmulo. “São muitos anos com esse problema e esperamos que agora resolva de vez”, disse a paraibana de 68 anos.

Na Estrada Real de Maricá, equipes trabalham desde a noite de segunda-feira (02) na abertura de um córrego com cerca de 200 metros de extensão, para drenar a água acumulada que atingiu o loteamento Vilar Maricá. Para isso, o trânsito na via chegou a ficar interditado até a interrupção dos trabalhos, por volta da meia-noite. Na manhã seguinte, a ação foi reiniciada para abrir outra passagem de água, agora com 100 metros. Quem mora no loteamento afirma que a providência já deu resultado.

De acordo com a Somar, um total de 1.200 operários atuam em diversos locais da cidade utilizando 20 máquinas retroescavadeiras, para realizar todo tipo de serviço que vai da limpeza à desobstrução de ruas.

A Secretaria de Proteção e Defesa Civil de Maricá informa que não há previsão de chuvas intensas que provoquem acumulados de chuva elevados nas próximas 24 horas. É esperada chuva de fraca a moderada. Com isso, a cidade retornou ao estágio de Vigilância às 9h desta terça-feira (03).

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *