sábado, 06 de março de 2021

Servidores do Detran mantêm greve até a próxima segunda

Detran Fonseca, Detran Niterói, Vistoria, Detran
Servidores entraram de greve no último sábado (13). Foto: Pedro Conforte/ Arquivo

A greve dos servidores do Detran, que começou no último sábado (13), deve permanecer até a próxima segunda-feira (22), quando ocorrerá uma Assembleia Geral, que decidirá a continuidade ou suspensão do movimento. A principal reivindicação é a melhoria nas condições de trabalho nas unidade de atendimento e na sede.

Segundo a diretoria do Sindicato dos Servidores do Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (SINDETRAN), além das melhorias, o movimento questiona os salários congelados desde 2014, sem a progressão de carreira, e solicita a reestruturação no plano de cargos e salários. Em relação aos servidores inativos, é solicitada a extensão do auxílio saúde, além do pagamento de seus salários no 1ª dia útil do mês, já que o Detran descentraliza a verba para esse pagamento.

Na quarta-feira (17), a diretoria do Sindetran e uma comissão de servidores foram recebidos por membros da Secretaria de Governo da Casa Civil, e as pautas reivindicatórias que já haviam sido apresentadas à administração do Detran foram levadas também para esse encontro.

O vice-presidente do Detran do Rio, Leonardo Moraes, foi convocado a participar da reunião em que a Casa Civil passou a dialogar com a administração sobre os possíveis caminhos na busca de soluções. A greve permanece até a próxima Assembleia Geral, no próximo dia 22, onde será deliberada a continuidade ou suspensão dos movimentos.

Resposta do Detran

Em nota, o Detran do Rio afirmou respeitar o direito à greve, e esclareceu que parte dos serviços está mantida nos postos.

“O Detran respeita o direito à greve, mas esclarece que parte dos serviços está mantida nos postos, já que o movimento é de servidores concursados. As empresas prestadoras de serviço e os comissionados não pararam”, informou o departamento.

Ainda de acordo com o Detran, o movimento ainda assim impacta diretamente a população, afetando serviços de identidade, habilitação e veículos, que já estão com demanda reprimida por conta da pandemia. Inclusive, os mutirões, que já atenderam mais de 80 mil pessoas aos sábados.

Sobre as demandas do movimento, a administração do departamento informa que mantinha reuniões semanais com o sindicato. Na última delas, no dia 12 de fevereiro, foi acertado um cronograma com as datas para cuidar de cada solicitação.

Funcionamento

A Diretoria de Identificação Civil funciona dentro da normalidade. São 34 postos emitindo 1ª e 2ª vias de identidade.

A Diretoria de Habilitação mantém a prestação de serviços em todos os postos, com exceção de exames práticos e teóricos.

A Diretoria de Registro de Veículos também tem todos os postos funcionando. Com redução no atendimento de serviços que dependem de vistoria, como transferência de propriedade, transferências de município e de jurisdição.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *