domingo, 29 de novembro de 2020

SG anuncia contratação de médicos e enfermeiros para abrir novos leitos

Município informou que vagas são para suprir falta de profissionais para os leitos. Foto: Ascom SG

A Secretaria de Saúde de São Gonçalo está contratando médicos e enfermeiros em caráter de urgência. O município depende desses profissionais para abrir cerca de 50 novos leitos no Hospital Municipal Luiz Palmier, no bairro do Zé Garoto, que há um mês virou referência no atendimento a pacientes com Covid-19. No último chamamento público, apenas três dos 31 médicos convocados apareceram para assinar o contrato.

“Nosso cronograma de funcionamento depende neste momento da contratação de mais profissionais. Seriam no mínimo 50 médicos intensivistas e de clínica geral e cerca de 100 técnicos de enfermagem. Estamos trabalhando quase no nosso limite. A abertura desses leitos é muito importante para a cidade”, garante o diretor do hospital, Eraldo Soares.

Os médicos e enfermeiros interessados em compor a equipe de trabalho do hospital devem procurar o departamento de Recursos Humanos, que funciona na própria unidade. Devem levar todos os documentos. O RH funciona das 8h às 17h e o início do trabalho é imediato. O salário para médico chega ao valor de R$ 10 mil.

Ampliação

O hospital abriu, na manhã desta terça-feira (5), mais 10 leitos de clínica médica para atender as solicitações de internação oriundas do Pronto Socorro Central, das UPAS do Pacheco e Nova Cidade e do Centro de Triagem do Coronavírus, no Zé Garoto. A unidade tem hoje 12 pacientes internados em enfermarias e nove no Centro de Tratamento Intensivo (CTI). Esta semana quatro pacientes tiveram alta.

Testes rápidos

São Gonçalo acaba de receber os 40 mil testes rápidos comprados há um mês com o objetivo de agilizar o diagnóstico do novo Coronavírus (Covid-19) e evitar o contágio. A testagem está sendo feita de acordo com um cronograma preestabelecido pela Secretaria de Saúde.

Neste momento, a prioridade é realizar os testes nos funcionários da área da saúde, que estão na linha de frente, e nos pacientes que apresentam sintomas mais graves da doença.

Despachando normalmente de casa, o prefeito José Luiz Nanci garantiu que a testagem irá ajudar a identificar os casos confirmados, para que a Secretaria de Saúde possa dar prosseguimento às estratégias de isolamento das pessoas contaminadas.

“A pessoa pode levar de 2 a 14 dias, que é o período de incubação do vírus, para começar a apresentar os sintomas. Por isso é importante a identificação o quanto antes, para que o paciente infectado não transmita a doença para outros”, explica o prefeito.

Publicada às 14h47

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *