Tapete de sal de São Gonçalo é considerado o maior da América Latina, com dois quilômetros de extensão. Foto: Prefeitura de SG/Arquivo

Os detalhes para a confecção do tapete de sal de Corpus Christi de São Gonçalo foram definidos em reunião nesta terça-feira (11). De acordo com o padre André Siqueira, pároco da Igreja Matriz da cidade, o tema das comemorações deste ano será “Fraternidade e Políticas Públicas”.

Além de lideranças religiosas, participaram da reunião as secretarias de Cultura, Infraestrutura, Governo e Saúde, guarda municipal, Cruz Vermelha, Policia Militar, Defesa Civil.

O evento acontece em 20 de junho e envolve uma logística complexa, com esquema especial de trânsito. Desde 2005, o tapete de São Gonçalo é considerado o maior da América Latina, com dois quilômetros de extensão.

Este ano, ao todo, ao todo, 27 paróquias e entidades governamentais irão confeccionar 240 painéis. O trabalho terá início na noite de quarta-feira (19). Para confeccionar os quadros serão gastos, segundo padre André, mais de 50 toneladas de sal, além de borra de café, pedrarias, tintas corantes e mais de 200 sacos de 100 litros de serragem.

“É um momento de fé e cultura, o maior tapete da América Latina, um momento único, de paz”, garante o presidente da Câmara Municipal de São Gonçalo, Diney Marins. A Câmara será responsável por um trecho do tapete.

Celebrada há 22 anos, a confecção dos tapetes de sal de Corpus Christi, que é Patrimônio Público Cultural e Religioso do município, leva às ruas da cidade mais de 50 mil pessoas desde a confecção até a celebração da missa e da procissão. “É um momento de fé, família, união, amor, alegria e de oração. A cada ano as igrejas e os fiéis inovam e garantem um belo espetáculo na cidade”, disse padre André, que aguarda novamente católicos de outros municípios do Rio e de até de outros estados do país no evento.

A segurança pública será feita por cerca de 120 agentes da Polícia Militar e Guarda Municipal, em carros, motos e a pé. A Defesa Civil e a Cruz Vermelha darão apoio com aproximadamente 300 voluntários. A secretária de Saúde montará posto de atendimento junto a Igreja Matriz e ambulâncias baseadas ao longo de todo o percurso. O Pronto Socorro de São Gonçalo será a unidade de urgência e emergência para possíveis intercorrências mais graves.

Esquema especial de trânsito

O trânsito nas principais ruas do Centro de São Gonçalo será interditado a partir das 19h do dia 19 até as 13h do dia seguinte. Os motoristas devem ter atenção ao roteiro que será anunciado com antecedência pela secretaria municipal de Transportes:

Na ocasião, estarão fechadas as ruas Lara Vilela e Sá Carvalho, entre a Avenida Kennedy e a Rua Moreira César; Travessa Zeferino Reis entre a Av. Kennedy e a Rua Nilo Peçanha; Rua Salvatori entre a Feliciano Sodré e Aluisio Neiva; Rua Eduardo Vieira, Travessa Jorge Soares e Rua Antônio dos Santos Figueiredo entre a Nilo Peçanha e Aluisio Neiva; Rua Moreira César e Feliciano Sodré em toda sua extensão; Rua Nilo Peçanha entre a Praça Luiz Palmier e a interseção com a Rua Antônio Rodrigues.

A Rua João de Souza terá a mão invertida e a Aluísio Neiva terá regime de mão única no sentido Salvatori/Antônio Rodrigues. O trânsito será desviado da seguinte maneira no sentido Barro Vermelho/Centro: Rua Getúlio Vargas, Av. Maricá e Ruas Salvatori, José da Silva Pessoa, José Lourenço de Azevedo, Salvatori, Aluísio Neiva, Antônio Rodrigues e Nilo Peçanha.

Já os motoristas que estiverem vindo do Paraíso em direção ao Centro terão que fazer o seguinte trajeto: Ruas Francisco Portela, Coronel Serrado, Getúlio Vargas, Avenida Maricá, Ruas Salvatori, José da Silva Pessoa, José Lourenço de Azevedo, Salvatori, Aluísio Neiva, Antônio Rodrigues e Nilo Peçanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *